terça-feira, 2 de março de 2021

Marta, está distraída com muitas coisas.

Muitos irmãos e irmãs mais velhos têm a irritante tendência 
de assumir o controle, um hábito desenvolvido durante o crescimento. Podemos ver, 
facilmente, esse padrão em Marta, a irmã mais velha de Maria e Lázaro. Ela estava acostu-
mada a estar no controle. • 0 fato de que Marta, Maria e Lázaro sejam lembrados por sua 
hospitalidade, assume uma importância adicional, quando observamos que essa hospita-
lidade era um requisito social naquela cultura. Não receber alguém em sua casa era algo 
considerado vergonhoso. Aparentemente, a família de Marta cumpná bem esse requisito.
• Marta se preocupava com os detalhes. Ela queria agradar, servir, fazer as coisas certas. 
Talvez, sendo a mais velha, ela temesse a vergonha, se sua casa não correspondesse às 
expectativas. Ela tentava fazer tudo o que podia para se assegurar de que isso não aconte-
cesse. Como resultado, ela tinha dificuldade para relaxar e desfrutar da presença de seus 
convidados, e era ainda mais difícil aceitar a falta de cooperação de Maria, em todos os 
preparativos. Mas Jesus proporcionou uma gentil correção às prioridades de Marta, como 
anfitriã. A atenção pessoal que ela dava aos seus hóspedes devia ser mais importante 
que os confortos que ela tentava proporcionar-lhes. • Posteriormente, depois da morte de 
Lázaro, seu irmão, Marta correu para encontrar Jesus e expressou seu conflito interior, de 
desapontamento e esperança, diante da sua tardia chegada. Jesus mostrou que a con-
fiança dela era limitada demais. Ele não era apenas Senhor sobre a morte; Ele era a ressur-
reição e a vida! Momentos depois, Marta, uma vez mais, falou sem pensar, sugerindo que o 
corpo de uma pessoa morta há quatro dias já estaria em adiantada decomposição. A cons-
ciência que ela tinha dos detalhes às vezes a impedia de ver o quadro global; mas Jesus foi 
constantemente paciente com ela. • No último retrato que temos de Marta, ela está, uma 
vez mais, servindo uma refeição a Jesus e seus discípulos. Ela não deixou de sen/ir. Mas a 
Bíblia, desta vez, registra seu silêncio. Ba começara a aprender o que sua irmã mais jovem 
já sabia - que a adoração começa com o silêncio e com a disposição para ouvir.

domingo, 28 de fevereiro de 2021

A escola do fracasso no envio


Com todas as nossas boas intenções de servir a Deus, estamos dispostos a passar pela humilhação do fracasso, permitido e determinado pelo próprio Deus? Deus forma uma pessoa a quem possa enviar somente a partir dos destroços, da mortificação operada nela por esse fracasso. Há algo no fracasso que opera uma obra necessária e profunda na alma humana como nada mais pode operar.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Deus o ama liberalmente

Deus o ama liberalmente 

Você já se perguntou como Deus pode nos amar sendo nós imperfeitos com somos?

Ele pode fazer isso porque assim o deseja; isto Lhe agrada. Oséias 14;4 nos diz que Deus quer curar a nossa infidelidade e nos amar de todo coração.

 A  palavra de Deus está cheia de versículos sobre o Seu amor.Efésios 1:5 ensina: "Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos, por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da Sua vontade".

Deus ama porque o seu amor é a Sua natureza - Deus é Amor ( ver 1João 4.8).

Se Ele fosse diferente, não seria quem Ele é.
Deus sempre nos ama! Talvez Ele nem sempre ame tudo o que fazemos, mas Ele nos ama de verdade. Seu amor é incondicional. É um amor baseado Nele, e não em nós; recebemos o amor de Deus sem merecê-lo. 
O amor incondicional de Deus é o poder que perdoa nossos pecados, cuida de nossas feridas emocionais e cura os de coração quebrantado (ver Salmo 147:3). 

Quando você entende que é amado por Deus, não por causa de qualquer coisa que você é ou de qualquer coisa que tenha feito, então você pode parar de tentar merecer ou conquistar o Seu amor e simplesmente recebê-lo e desfrutar dele. 

Lembre- se, Ele o ama liberalmente - sem exigir ou pedir nada em troca.

 Se você tem dificuldades para crer ou aceitar o amor incondicional de Deus, comece confessando que Deus o ama. Diga " Deus me ama" em voz alta, várias vezes ao dia, quando estiver só. Libere esta afirmação na atmosfera e comece a se acostumar a ouvi-la. 

Sinta-se confortável com este pensamento. Deleite-se no Seu amor, sinta-se encharcado dele e deixe que ele invada a sua alma, seu pensamento e suas emoções. 

Imagine o quanto isto é extraordinário: " Deus me ama!".

 Quando seu coração estiver cheio do conhecimento do amor tremendo e incondicional de Deus, você poderá começar a amá-lo em resposta e a expressar o amor Dele às outras pessoas também.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Está se levantando

 " Surge uma geração de vozes proféticas e vigilantes que rejeitaram as vestes profissionais da religião por um estilo de vida de obediência radical a Jesus, oração e jejum e operando no poder do Espirito."

Amando a Palavra


 "Haverá um resquício faminto de santos e lideres que se levantarão nesta geração que amarão a palavra do Senhor e centrarão as suas vidas no conselho completo da palavra de Deus! Eles ficarão totalmente fascinados e cativados com o Deus da Biblia e com amor pelo Seu lindo Filho Jesus Cristo! Novas canções de libertação do tedio estão sendo escritas. Mensagens novas de encontro estão sendo pregadas, Profecias da sala do trono estão sendo liberadas."

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Promessas

 

 Quais são as promessas que você recebeu do Senhor? Muitas veze4s quando o Senhor fala algo que Ele vai fazer em nossas vidas imaginamos que o cumprimento da palavra seja imediato. No entanto, há sempre um processo que Ele nos leva para trazer a Sua palavra ao cumprimento.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Saber guerrear


Se alguém invadisse sua casa ... provavelmente você usaria tudo o que pudesse para lutar contra eles e se certificar de que não machucaram você ou sua família.

Se você é dono de uma arma, talvez você se arme com uma arma de fogo; se não, talvez você pegue um taco de madeira ou algum outro objeto como esse.

Essas são armas físicas que você usa contra um atacante físico .

Mas quando se trata de guerra espiritual ... você não pode usar ferramentas físicas para se defender de um ataque espiritual. Tentar usar uma ferramenta física em uma batalha espiritual seria como tentar usar um isqueiro para ferver o oceano ... nunca funcionaria.


Claro que você nunca convidaria um atacante físico para dentro de sua casa intencionalmente ... mas você poderia estar permitindo que atacantes espirituais entrassem sem querer.

Há muitas maneiras de os demônios invadirem nossas casas ... como por meio da Internet, TV, videogames, etc.

Mas assim que eles entrarem ... você precisa usar ferramentas espirituais para se defender de um ataque espiritual.


Algumas ferramentas que você pode usar são:

- Oração no Espírito

- Colocando toda a armadura de Deus

- Usar o discernimento para entender a estratégia particular que o demônio está usando…e mais!

Acorde para essa realidade agora.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Deus fala e se revela por meio da natureza

 Assim os hebreus, quando falavam de “natureza”, pensavam simplesmente na atividade do próprio Deus. Ele falava no furacão, abençoava na chuva e amaldiçoava na seca.  Ele respirava no vento, julgava no terremoto e manifestava a sua glória nos céus.
 A fé hebraica, que via Deus em ação nos processos e nos mistérios da natureza, entendia também que ele estava acima e por detrás dela. Deus não era limitado pelo ambiente, como pensavam os pagãos sírios. A idéia que Israel tinha de Deus e da natureza não era filosófica, mas sim fruto da fé e da experiência.

O cuidado de Deus

 

A  visão que o homem tem da natureza determina o seu modo de usá-la. O conhecimento que os israelitas tinham de Deus, seu criador, inspirou-lhes uma atitude muito diferente em relação á natureza e ao trabalho agrícola. “A terra em que estás entrando a fim de possuí-la não é como a de onde saístes, a terra do Egito: lá semeavas tua semente e irrigavas com o pé, como uma horta! A terra para a qual passais, a fim de possuí-la, é uma terra de montes e vales, que bebe água da chuva do céu. É uma terra de que Senhor teu Deus cuida. Os olhos do Senhor teu Deus estão sempre fixos nela, do início ao fim do ano” (Deuteronômio 11,10-12)

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Lidando com a decepção


Sentei-me em frente a um marido que expressou desilusão sobre sua esposa e seu casamento. Vou poupar você dos detalhes, mas essencialmente ele disse: “Eu preciso dessas coisas. Ela não está dando essas coisas para mim. Eu estou infeliz. Por que ela não dá essas coisas para mim?” O que falta aqui, que não posso mostrar pela minha escrita, é o desânimo na voz dele.

Você já experimentou isso, não é? Algo não saiu como esperado. Você está frustrado. Sua família, trabalho, amizades, casamento, igreja – eles não são o que você esperava. Como você, como cristão, lida com o desapontamento?

Comece com o coração

O desapontamento geralmente revela o que seu coração está realmente adorando (Mt 6.21; Lc 6.43-47). Isso expõe você. Se seu filho tomou uma decisão errada, você está triste por causa da decisão tola dele ou porque isso mostra que ele não está correspondendo às suas expectativas? Se você deseja mais intimidade com seu cônjuge, mas ele não retribui, você está insatisfeito por causa do “não” de seu cônjuge ou por que se sente com direito a mais intimidade? Se o seu chefe não lhe dá a promoção, você fica frustrado porque trabalhou muito pelo aumento de salário ou porque tem medo do fracasso?

Quando você lida com a decepção, é muito fácil se concentrar nas circunstâncias ao seu redor e lançar a culpa nos outros, em vez de olhar para a batalha em seu próprio coração. Pense por um momento na última vez em que você ficou desapontado (Pv 13.12). A maior parte do seu pensamento e energia estavam concentrados nas coisas erradas, nas circunstâncias inúteis ou no seu próprio coração? A tendência natural do pecado é culpar os outros e não lidar honestamente com o nosso próprio coração (Mt 7.3-5). Peça a Deus para ajudá-lo a conhecer as tendências egoístas de seu próprio coração.

As coisas não acontecem como você espera.

Por que as coisas não acontecem como esperamos? Em uma palavra – pecado. O pecado corrompe tudo em nosso mundo e nos deixa tristes, confusos, arrependidos e desencantados. Hollywood, os livros mais vendidos, os comerciais de televisão e a Disney trabalham contra nós para alimentar nossos desejos e nos dar expectativas irrealistas e idealistas. Se você ingenuamente espera que as coisas caminhem bem e minimiza o poder da carne pecaminosa, você não está sendo realista sobre o pecado. Você provavelmente ficará desapontado. Mas se você demonstrar “pensamento moderado” (Rm 12.3) – uma perspectiva humilde de si mesmo, uma visão realista de seu pecado – você está menos sujeito a se decepcionar.

Nossas vidas correm no mundo real, com problemas reais, frustrações reais e dores de cabeça reais, e reconhecemos o que já sabíamos o tempo todo – o pecado arruína tudo (3.23). O Espírito está trabalhando poderosamente dentro de você, mas sua carne está fazendo tudo que pode para minar sua vida (Gl 5.16-18).

Volte a Cristo

O que você faz quando está desapontado? Faz um “evento da lástima”? Lamenta? Reclama? Fica com raiva? Faz trapalhadas em meio à confusão? Entrega-se a si mesmo? Manipula? Se afasta? Corrigi o problema? Faz o problema desaparecer? Nenhuma dessas são respostas cristãs.

A coisa mais inteligente que um cristão pode fazer é se voltar para Cristo e começar com algumas palavras simples: “Socorro”. “Jesus, eu não posso lidar com isso sozinho.” “Eu preciso de ti.” Para onde você se volta com sua decepção é a chave. Você se volta para Cristo ou resolve as coisas sozinho? Você se volta para Cristo ou joga a culpa nas suas circunstâncias? Você se volta para Cristo ou o culpa? Você acha que, uma vez que ele é soberano, tudo o que não funciona para você é culpa dele? Querido cristão, você não vê que seu desapontamento e quebrantamento podem estar limpando a desordem de sua vida que o impede de ver Cristo? Volte-se para Cristo e entregue seu desapontamento a ele.

Eu disse ao marido que estava desapontado com sua esposa e seu casamento: “No ponto em que você está mais desapontado, onde você está mais ferido, onde você está mais confuso, você precisa deixar Cristo encontrá-lo bem ali”. Você está lutando porque suas esperanças, sonhos e expectativas não deram certo? Corra para a cruz (2Co 5.15-21). Deixe que Cristo o console e ofereça a satisfação que só pode ser encontrada nele. À sombra da cruz, sua decepção pode ser tratada com honestidade.

Olhe para o céu

O filho confessou ao pai que é gay e agora todos os sonhos do pai para o seu filho desapareceram. Um jovem casal tem outra briga arrasadora. O conflito deles é semelhante a uma guerra nuclear e, depois disso, eles estão cheios de dor e confusão. Uma mulher solteira tem trinta e seis anos. Ela anseia pelo casamento e odeia ainda estar solteira. Em cada um desses casos, a decepção bate à porta diariamente.

Enquanto vivermos deste lado da glória, o pecado bagunçará as coisas. Infelizmente, quando as coisas dão errado, nosso ponto de vista pode ser reduzido ao pequeno reino de nós mesmos, e não podemos ver além de nossa decepção. Fixamo-nos na visão horizontal (raiva, dor, confusão, decepção) e perdemos de vista a perspectiva vertical – nosso relacionamento com Deus.

Mas Deus diz: “Meu querido filho, olhe para cima e veja, nem sempre vai ser assim. Um dia, o pecado e a dor não existirão mais.” Quando você está desapontado, você precisa olhar para cima, além dos limites de suas circunstâncias, e se lembrar do céu (Sl 73.24-26). Não perca de vista a eternidade. No céu, não haverá mais decepções porque você estará com Deus. Que lugar glorioso será.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Ele expulsa demônios!

 

Você já se perguntou como Jesus foi capaz de expulsar o demônio 'Legião' tão rapidamente quando ninguém em toda a terra conseguia passar por ele?

Jesus não apenas o lançou em um rebanho de porcos que se afogou ... mas o demônio realmente implorou por misericórdia antes de fazê-lo.

Como ele enfraqueceu esse demônio tão rapidamente?

Bem, primeiro ele o identificou.
Quando você identifica um espírito demoníaco ... ele realmente perde poder quando você o chama pelo nome.
Você vê Santos, você não pode lutar contra um inimigo que você não pode identificar primeiro.
Isso é exatamente o que Jesus estava ensinando quando fez a Legião se identificar, que imediatamente perdeu todo o seu poder.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Aproveitando uma oportunidade


Algumas vezes Deus coloca oportunidades em nossa vida de forma que possamos progredir em nosso trabalho e alcançar a prosperidade. Isso foi o que aconteceu com Jacó e seus filhos quando emigraram para o Egito. Eles desejavam, principalmente, escapar da fome em Canaã, mas provavelmente também estavam buscando uma mudança. Assim, acabaram por transferir-se para outro local, basicamente a pedido de José. 
Mas, tão logo chegaram, as circunstâncias criaram uma oportunidade única. José deparou-se com um problema: como apresentar sua família, há muito tempo distante, ao faraó? O rei do Egito tinha uma
grande consideração pelo filho de Jacó, mas como ele reagiria quando soubesse que o patriarca e seus descendentes eram pastores de ovelhas? Essa atividade era uma abominação para os egípcios (Gn 46.34) e servia apenas para os escravos.

É possível imaginar a dimensão desta repulsa ao lembrar que, quando os irmãos de José retornaram em sua segunda jornada ao Egito, levando Benjamim com eles, foram obrigados a comer separados dos egípcios (Gn 43.32). Visivelmente, hebreus e pastores eram sinónimos na mente do povo do Egito.

José transformou suas inúmeras dificuldades em uma oportunidade. Ele instruiu seus irmãos a afirmarem corajosamente suas habilidades, em vez de menosprezarem suas ocupações. Ele sabia que o faraó jamais mudaria de opinião a respeito dos pastores, mas provavelmente o rei permitiria que a família vivesse dignamente em um local mais afastado. E foi exatamente assim que o plano de Deus funcionou (Gn 47.1-6). Além disso, o respeito do faraó por José fez com que o rei pedisse que a família de Jacó supervisionasse o seu próprio rebanho. Ele continuava a detestar os pastores, mas, quando a
questão era o cuidado com seus animais, o faraó claramente preferia que estes fossem tratados pelos parentes de alguém em quem muito confiava.

A designação foi ao encontro da habilidade e da experiência dos irmãos. Como muitos imigrantes no mundo hoje, eles tinham a vontade e a capacidade de fazer um trabalho que os nativos do país em que se encontravam achavam inaceitável. Como resultado, eles prosperaram naquela terra (Gn 47.27; Êx 1.7).


quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

Irei fazer bacharel em Teologia

 

Sempre tive o desejo de entender mais a complexidade de algumas passagens da Bíblia Sagrada, sempre esteve presente em mim uma chama que ardia, por saber transmitir as pessoas a palavra de Deus de forma correta, com seu texto e contexto e com muita paixão pela ação do Espirito Santo.

Dizem que a " letra mata", que "teologia esfria crente", que os "teólogos se ensoberbecem", que o "altar precisa de fogo e não teoria". Mas na verdade, muito se escondem atrás de falsos argumentos, porque a preguiça pode ser um caminho linear. É cômodo ficar na mesmice, é necessário muito esforço no entendimento e na leitura e muitos não querem pagar esse preço de "crescer na graça e no conhecimento". 2 Pedro 2;18.

Não julgo quem não deseja estudar, não julgo aqueles que não tem entendimento do quão importante é conhecermos a palavra de Deus a fundo. Cada um sabe o que é bom pra si, e sabe o quanto deseja investir neste conhecimento. Nada é de graça, nada é fácil, mas estou disposta a tentar, me esforçar para aprender mais da palavra que transformou a minha vida.

Quem era eu a anos atrás? De onde Deus me tirou? O plano que Deus tem para minha? São perguntas que sempre devemos nos fazer, para alinharmos ao proposito do Eterno. Deus me tirou das brigas familiares o qual era o ambiente de minha infância, Deus me tirou da prostituição, da depressão e dos complexos de inferioridade para quê? Para eu me conformar em ir aos domingos ouvir e analisar se os louvores foram bons e quentes? Certamente não!

Deus é Deus de propósitos, Deus que vela em cumprir o que promete ao mais miserável pecador. É tudo sobre Ele, é tudo para Ele, é tudo para que o evangelho de Cristo chegue aos quatros cantos da terra. É tudo, porque o evangelho de Cristo é o poder de Deus para a salvação do mundo,(Rom 1.16)


Respeito todas as linhas teológicas, como Assembleiana, conservadora, sigo mais uma linha pentecostal. Mas é interessante ter o conhecimento e o respeito dos irmãos que discordam do que eu penso, ser influenciado é possível para aqueles que deixam a ação e a revelação do Espirito Santo de lado e se debruçam sobre em livros teológicos e esquecem da leitura da bíblia e de livros devocionais. Não, podemos nos esquecer que Deus nos chamou para estar com ele, antes de fazer e trabalhar pra Ele, não deixemos de queimar por Cristo, de reservamos um espaço de tempo para a intimidade com o Pai.

Precisamos de equilíbrio, se nos falta, podemos pedir ao Espirito Santo que nos ajude, nos dê sabedoria e discernimento. 

Provérbios 2:4 – " Se buscares a sabedoria como a prata e como a tesouros escondidos a procurares." 
Se buscarmos sem duvidar, certamente o Senhor nos concederá. 
Faculdade escolhida e porque?
BACHARELADO EM TEOLOGIA EAD

Thiago 1:6 - " Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte."

Foram meses de pesquisa e vídeos no Youtube, não queria investir tempo e dinheiro em um conhecimento e estudo mais longo, sem um reconhecimento pelo MEC, e também me preocupei em escolher uma faculdade com excelência no ensino, melhores professores e consegui chegar em um resultado final. Vamos falar sobre ela!

FABAPARFaculdades Batista do Paraná.

A FABAPAR é credenciada e reconhecida pelo MEC, mantida pelo Conselho Educacional da Convenção Batista Paranaense e integrada ao Sistema Federal de Ensino, conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9394/96).

A história da FABAPAR tem início no ano de 1940, quando o missionário norte-americano Arthur Beriah Deter (1868-1945) criou a então “Escola Batista de Treinamento”, que já tinha seus primeiros alunos antes mesmo de ter seu prédio construído. Tal prédio, acertado com a empresa “Irmãos Thá” no valor de 35.860.000,00 foi inaugurado no dia 12 de outubro de 1940 e permanece, até hoje, como símbolo da história da FABAPAR, integrando sua estrutura física.

Curso escolhido: 

O curso de Bacharelado em Teologia a distância das Faculdades Batista do Paraná é direcionado a pessoas que procuram se aprofundar no aprendizado das Escrituras, a líderes que querem se preparar para atender ao chamado de uma vida eclesiástica, também para aqueles que querem se especializar como docente na área teológica, e pessoas, no geral, que desejam melhorar sua qualificação para o trabalho em suas comunidades religiosas. Pessoas estas que apesar de sua necessidade ou seu sonho não conseguem ajustar sua dinâmica de vida a um ensino presencial por causa de seu trabalho,  ausência familiar e deslocamento até a escola. Pensando nesta realidade, as Faculdades Batista do Paraná ofertam o curso de Bacharelado em Teologia nesta modalidade.

Por meio de uma sala de aula on-line, os alunos têm acesso a conteúdos exclusivos, exercícios e aulas que os ajudam a se preparar para os desafios do mundo real, com horários flexíveis e acompanhamento diário por parte de tutores e professores, de maneira que a caminhada rumo ao aprendizado não seja solitária.

Peço a Deus que me guie, me ilumine e que todas as coisas que acontecerem em minha vida e família seja para Sua gloria e louvor. a Ele toda honra, para todo o sempre. Amém!

Estou muito feliz, consciente e crendo nas promessas do Pai, Deus é bom o tempo todo.


Sil🌷


Em quais promessas você está acreditando em Deus?

 

A fé é importante. A fé é a confiança constante e duradoura em algo. A verdadeira fé é a confiança constante e duradoura no próprio Deus.

Com isso queremos dizer fé em Deus, não fé em nossos sentimentos, circunstâncias ou outras pessoas, mesmo líderes.

A verdadeira fé está no tempo presente, distinta da esperança, que é voltada para o futuro.

A fé vem depois do arrependimento e vem do coração, não da mente.


Onde está sua fé?

Alguns de nós são capazes de acreditar de todo o coração mais prontamente do que outros.

Passei por grandes decepções em minha vida e tive que levar essas decepções a Deus para que Ele pudesse reajustar e refrescar minha fé.

Tenho certeza de que não estou sozinha.

Eu cheguei a esta conclusão: Não vou rebaixar minha expectativa ou fé apenas por causa de minhas atuais circunstâncias (temporárias, difíceis).

Pela graça de Deus, vou continuar crescendo na fé enquanto viver.

A fé vem e continua vindo.


Qual é a Palavra de Deus para você?

A fé em Deus nos dá a capacidade de crer em Sua Palavra e de apropriá-la em nossas vidas.

A importância da fé pode ser vista no fato de que é impossível agradar a Deus sem ela.

Como escreveu o autor de Hebreus: “E sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem se aproxima de Deus deve crer que ele existe e que é galardoador daqueles que o buscam diligentemente” (Hb 11: 6).

Podemos acreditar e ter fé em Deus por causa de quem Ele é. Não apenas a Palavra de Deus é verdadeira, mas o próprio Deus é confiável.

Ele não pode mentir.

Quando colocamos toda a nossa confiança Nele, não ficaremos desapontados.

A fé faz diferença em nossa confiança para receber e ter acesso aos caminhos reveladores de Deus.


Fé definida em Hebreus 11: 1

“Ora, a fé é a certeza das coisas que se esperam, a convicção das coisas que não se veem” 

“Ora, a fé é a confiança no que esperamos e a certeza daquilo que não vemos”.

“O que é a fé? É a certeza confiante de que algo que queremos vai acontecer. É a certeza de que o que esperamos está à nossa espera, embora não possamos ver no futuro” .

A fé é uma realidade presente e a fé é uma certeza.

“Convicção” significa que é prova de evidência, quer a evidência possa ser vista ou não no momento presente.

Como podemos ter tanta certeza em um mundo tão incerto? Como podemos viver em uma realidade presente de certeza enquanto a humanidade exerce o livre arbítrio?

Podemos ter certeza por causa da fé. A própria fé é a certeza.

A fé é minha âncora, embora meu barco balança e balança nas ondas deste mundo tempestuoso.


A Certeza da Palavra de Deus

A fé é tão certa porque se baseia na Palavra de Deus.

Consequentemente, nossa fé vem por ouvir a mensagem da Palavra, a mensagem do próprio Cristo Jesus. “Portanto, a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus” (Rom. 10:17).

Nada - nada - é mais absolutamente certo do que a Palavra de Deus:

“Ele não vacilou na promessa de Deus por incredulidade, mas foi forte na fé, dando glória a Deus e estando totalmente persuadido de que o que Deus havia prometido, Ele era capaz de cumprir” (Rom. 4: 20-21).

“Assim será a palavra que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei” (Isaías 55:11) .


Para que você está acreditando em Deus?

Conforme nos aproximamos de 2022, estamos passando de promessas reveladas a promessas cumpridas.

Quais são as promessas pelas quais você está acreditando em Deus?

Não desanime. A fé é a certeza das coisas que se esperam.

É hora de enraizar nossa fé na Palavra de Deus e em quem Ele é.

Ele cumprirá Sua palavra para você - todas as vezes.



É vital receber o Espírito Santo em sua vida diária

 É vital receber o Espírito Santo em sua vida diária! Ele é quem nos conecta ao céu.

Sem Ele, nem mesmo Jesus poderia saber o que o Pai queria que Ele dissesse ou fizesse. (Ver João 5:19.)

Oh, como amo o Espírito Santo! Ele torna Jesus real. Ele torna o Pai agradável. Eu estendo o tapete vermelho para esta preciosa pomba de Deus todos os dias.

Eu digo: "Espírito Santo, você é bem-vindo aqui!" Na verdade, faça uma pausa e declare isso agora mesmo comigo. "Espírito Santo, você é tão desesperadamente necessário e é muito bem-vindo aqui, agora mesmo!"

Se você deseja conhecer a Deus, é absolutamente necessário conhecer o Espírito Santo, que trabalha incansavelmente para conectar o céu e a terra.

Conhecendo o Espírito Santo

Uma das dimensões do Espírito Santo descritas nas Escrituras é o “Espírito de conhecimento”, o que significa que Ele é o Espírito de conhecer e ser conhecido.

Em outras palavras, o Espírito foi dado a nós para tornar Deus conhecido e para torná-lo conhecível. Na verdade, como nosso ajudante, uma das funções principais do Espírito Santo é nos ajudar a conhecer a Deus.