domingo, 19 de setembro de 2021

Você não está só!

Isaías 49:15

Pode uma mulher esquecer-se de seu filho de peito, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, não me esquecerei de ti.

quarta-feira, 21 de julho de 2021

Sem consagração e sem o treinamento do deserto, corremos muitos riscos de cair

 


Deus está levantando uma geração profética na terra que operará com pureza, humildade e autenticidade. Muitos desses indivíduos foram treinados e preparados no deserto por muitos anos. No entanto, existem inúmeras armadilhas colocadas diante deles que procuram poluir, contaminar e distorcer o fluxo do Espírito Santo em suas vidas e ministério profético. 


1. A armadilha de recusar o treinamento na região selvagem

    O campo de treinamento para todos os profetas chamados de Deus é o deserto. Este é o lugar onde Deus atrai Seus profetas para crucificar e esmagar suas ambições, orgulho, arrogância, carnalidade e qualquer coisa que os impeça de se tornarem um vaso puro para o Seu Espírito. É no deserto onde os desejos pessoais dos profetas morrem e os desejos de Deus ganham vida. Plataformas de desejo, microfones e um itinerário de viagem são crucificados e destruídos no deserto.

Biblicamente falando, há um chamado, consagração e, em seguida, um comissionamento. Muitos acreditam que, porque Deus os chamou, eles agora foram comissionados para o ministério profético. Esta não é a verdade e abandona o desenvolvimento mais importante e crucial do profeta: a consagração. O processo de consagração, que se repetirá inúmeras vezes ao longo da vida de um profeta, é conhecido como deserto.

Uma das maiores armadilhas do ministério profético é quando os profetas recusam o treinamento no deserto. Quando os profetas não são treinados no ocultamento, eles anseiam pela plataforma e não sabem nada sobre a sala de oração . Eles perseguirão os aplausos dos homens porque nunca ouviram o Pai afirmando-os em segredo. Quando os profetas recusam o treinamento no deserto, eles desejam fama e fortuna em vez de santidade e arrependimento. Os profetas que recusam o treinamento no deserto destruirão com seu caráter o que seus dons proféticos construíram. O deserto é onde Deus cria um lugar dentro dos profetas para que eles carreguem Seu coração com intenções e motivos puros e imaculadosOs profetas que não foram treinados no deserto fazem do ministério profético tudo sobre eles, sua influência e seu sucesso. Os profetas que foram treinados no deserto não temem os homens, vivem para a glória de Deus e valorizam o lugar secreto acima de qualquer espaço público.

2.A armadilha de definir o perfil dos outros

Em 1 Samuel 16, encontramos o profeta Samuel indo ungir o  Rei de Israel. Em sua busca pelo próximo rei, Deus dá a Samuel uma instrução profética incrível no versículo 7 ao dizer: “Mas o Senhor disse a Samuel: 'Não olhes para a sua aparência nem para a altura da sua estatura, porque o rejeitei; pois Deus não vê como o homem vê, pois o homem olha para a aparência externa, mas o Senhor olha para o coração. '

Um dos erros mais comuns que os profetas podem cometer é dar a alguém uma palavra profética com base em sua aparência externa (estatura) ou comportamento. Eu chamo isso de “perfil profético” . Samuel notou Eliabe por causa de sua aparência externa e disse: “Certamente o ungido do Senhor está diante dele”, mas não foi o caso. Como profetas de Deus, devemos ter muito cuidado para não nos deixarmos consumir ou distrair procurando por pistas externas ou aparências que nos ajudem a formar as profecias que damos. Devemos ser muito cautelosos para não traçar o perfil das pessoas com base em sua aparência externa, raça, gênero, etc. e ouvir o Senhor, independentemente de sua aparência externa.

3.     A armadilha da leitura psíquica santificada

Em 1 Reis 22, o profeta Micaías se apresentou ao rei Acabe e ao rei Josafá e foi solicitado a transmitir-lhes a palavra do Senhor. Antes disso, os Reis já haviam consultado e recebido ministério profético de outros 400 profetas na terra. Os profetas disseram a Acabe e Josafá: “Sobe, porque o Senhor entregará Ramote-Gileade em vossas mãos”. Quando pressionado, Micaías disse aos reis que Deus não lhes daria a vitória e que Acabe morreria. Qual foi a principal diferença entre os 400 profetas e o único profeta Micaías?

Os 400 profetas leram o coração dos Reis de volta para eles, mas Micaías leu o coração de Deus de volta para os Reis. Devemos ter muito cuidado ao profetizar às pessoas que não estamos lendo os desejos de seus próprios corações de volta para elas. Os profetas são tateadores e carregadores de fardo. É muito fácil captar as emoções, os sentimentos e até os desejos que estão no coração das pessoas. O que acontece se o que as pessoas estão sentindo ou desejando fazer não vier de Deus? E se eles tiverem ambições egoístas, ganância e luxúria dentro de seus corações e nós simplesmente subirmos e confirmarmos o que não é de Deus dentro deles?

Por exemplo: Certa vez, ministrei com um profeta em Indiana que chamou uma família de uma multidão com várias palavras de conhecimento que ele acreditava ter. Ele disse que ouviu, “Califórnia”, “milhões de dólares” e “casa grande e carros bonitos”. Enquanto ele falava isso para a família, eles caíram chorando e então se levantaram e se alegraram. No final da reunião, eles escreveram um cheque de dez mil dólares para ele e ele agradeceu. De lá, a família mudou-se de Indiana para a Califórnia com a suposta “palavra do Senhor”. Eles deveriam se mudar para a Califórnia, onde ganhariam milhões de dólares, viveriam em uma casa grande e teriam bons carros. Como a história continua, eles duraram 2 anos na Califórnia sem portas abertas, sem dinheiro entrando e nenhuma casa ou carros bonitos. O que aconteceu?

Eu gostaria de sugerir que o profeta simplesmente lesse seus próprios corações de volta para eles e nunca discernisse qual era o coração de Deus para eles. Como profetas, estamos aprendendo a distinguir o que está no coração do homem e o que está no coração de Deus. Bruxas e médiuns podem profetizar o que está no coração do homem, mas somente os profetas de Deus podem profetizar o que está no coração de Deus porque têm acesso a isso . Os profetas não devem se envolver na leitura psíquica santificada.

4.     A armadilha de Mammon

O espírito de feitiçaria (manipulação e controle) buscará dominar os profetas de Deus usando dinheiro, promoção e bens materiais para contaminar e poluir o que Deus está realmente dizendo.

Vejo uma tendência crescente na Igreja em que os profetas estão agindo e até sendo tratados como mágicos, prostitutas e cafetões. Em palcos e por toda a Internet, muitos oferecem seus serviços proféticos a qualquer pessoa que possa encher o bolso de dinheiro, promover seu ministério e abastecer a venda de livros. Esses homens e mulheres estão agindo como prostitutas proféticas dos dias modernos. Eles encontram estímulo acariciando o ego e a carne de líderes e pessoas, tudo às custas da pureza e da nova unção de que precisamos tão desesperadamente no movimento profético.

Como Hophni e Finéias (I Samuel 2), esses vigaristas estão se envolvendo com maldade e pecado na casa de Deus porque tratam o que é sagrado e puro como casual e, muitas vezes, como uma piada. O espírito de Mamom devorou ​​esses “profetas de aluguel”. Eles foram devastados por uma ganância por ganhos financeiros e um desejo de serem tratados com todas as vantagens e acomodações que um ator de Hollywood receberia.

Assim como Jeremias declarou em Jeremias 23:13, muitos profetas na América estão “profetizando por Baal” e desencaminhando o corpo de Cristo. O espírito de Baal fez com que o foco e a preocupação dos profetas fossem saúde, riqueza e prosperidade, quando deveriam estar agonizando com o pecado da nação e sofrendo por causa de como trazer mensagens de arrependimento, reforma e avivamento. O objetivo passou a ser fazer as pessoas dormirem, quando Deus deseja provocar a mudança de Seu povo nesta hora.

Alguns profetas contemporâneos muito conhecidos estão agora exigindo que as pessoas digitalizem seus cartões de crédito ou semeiem uma grande oferta de sementes se quiserem receber uma palavra de Deus. É extremamente doloroso para o Espírito Santo que as pessoas realmente façam fila em massa para pagar essas prostitutas proféticas por esses 'favores' espirituais ilícitos.

É impossível para os profetas ministrarem neste tipo de atmosfera sem parceria com o espírito da bruxaria. Muitos líderes de igreja que perderam a unção do Espírito Santo e agora estão liderando ministérios falhos, estão convidando vozes proféticas a seus ministérios na tentativa de reunir grandes ofertas e aumentar sua frequência em declínio. Eles são Saul procurando por Samuel para sustentá-los. Esses profetas e líderes fizeram uma aliança demoníaca com mammon e feitiçaria antes do início das reuniões proféticas. Essa prática doentia e distorcida não apenas engana o povo de Deus, mas Deus não está em lugar nenhum em meio a essa idolatria maligna!

5.     A armadilha do Ranger Solitário

No Antigo Testamento, os profetas eram a voz singular de Deus para a nação. Eles iam e vinham como bem entendiam e profetizavam aos reis e à nação. No Novo Testamento, Jesus Cristo se tornou nosso mediador entre Deus e o homem (1 Timóteo 2: 5) e agora deu a todos os crentes o Espírito Santo para guiá-los e guiá-los à verdade. O papel dos profetas do Novo Testamento não é o mesmo dos profetas do Velho Testamento. Os profetas do Novo Testamento agora se tornaram parte do corpo de Cristo. Eles não profetizam mais como “forasteiros”, mas como alguém que ama o corpo de Cristo e serve ativamente e presta contas a ela. Os profetas não são ilhas de revelação para si próprios e precisam de responsabilidade e comunidade.

Profetas perigosos e pessoas proféticas são aqueles que recusam duas realidades principais:

1.     Comunidade

2.     Prestação de contas

Um estilo de vida de responsabilidade e comunidade saudável é necessário para operar em níveis elevados de forma consistente no Espírito . Lembre-se de que relacionamentos não responsáveis ​​significam que desenvolvemos uma vida em Deus sem aplicar a verdade a nós mesmos. Nunca poderemos estar no controle de nossa própria responsabilidade sem ser brandos em nossa própria imaturidade e carnalidade.

Eu quero encorajar todos os profetas a se certificarem de que você está realmente envolvido em uma comunidade real de crentes em uma base consistente e prontamente se submete a alguma forma de prestação de contas. Se os profetas recusam a comunidade e a supervisão ou mesmo ficam irados com aqueles que procuram descobrir se eles têm responsabilidade, eles são um perigo potencial para o corpo de Cristo. “Eu só respondo a Deus” ou “Eu viajo tanto que não tenho tempo para a comunidade” deveria ser uma bandeira vermelha imediata.

A necessidade de um ministério profético humilde, responsável e puro nunca foi tão grande!

segunda-feira, 5 de julho de 2021

Deus é coerente

Gênesis começa com a criação dos céus e da terra; o Apocalipse termina com a criação de novos céus e da nova terra. O que Deus planejou no princípio é levado acabo no final.

O reino de Deus passa por vários estágios, começando com uma pequenina semente até uma árvore frondosa que enche toda Terra ( Mt 13:31/32; Mc 4:26-28. A diferentes estágios, mas o processo de desenvolvimento é constante do início ao fim. Deus é coerente!

Citação do livro: Quem almoçou com Abraão. Autor: Asher Intrater.

Super indicação para você entender que todas as vezes que no AT, quando diz: O Anjo do Senhor, refere-se a pessoa de Jesus.

Uau! É fascinante entender a palavra de Deus.❤️😍

sexta-feira, 2 de julho de 2021

Canção que mais escuto atualmente, Defensor - Diante do trono.

Como o Senhor tem falado comigo e me consolado com esta canção. Ele tem se mostrado meu Defensor! Em todas as áreas da minha vida.

Meu coração é regado de gratidão! É tudo sobre Ele.


Letra - Defensor Bem antes de eu notar Você já saiu pra guerrear E volta com a cabeça do inimigo E diz que sou eu quem tem vencido Bem antes de eu saber Minhas guerras foi por mim vencer No Seu amor completa proteção Me tira do deserto e sequidão E eu só louvei Eu só adorei Só fiquei prostrado Só me aquietei Aleluia, me salvou Do Seu jeito é melhor Aleluia, grande defensor Do Seu jeito é melhor Bem antes de eu achar Sabe onde a verdade encontrar Debaixo de Sua sombra eu vivo Restaura minha fé quando eu preciso Quando eu me perdi Você me encontrou Me reapresentou ao Seu amor Juntou os meus pedaços E me fez de novo Do meu coração é defensor

Diante do Trono, Ana Paula Valadão



quarta-feira, 30 de junho de 2021

O teste que Davi enfrentou na caverna de En-gedi

A liderança do Rei Davi e quantas das escolhas que ele fez são significativas para o odre da liderança que Deus deseja formar na terra agora. Quer você seja uma dona de casa, um médico, um empresário ou um pastor, esta é uma palavra nova para você orar!

O Teste de En-gedi

O oásis de En-gedi em Israel era conhecido como um esconderijo de refúgio para o jovem Davi e seus homens enquanto ele fugia do rei Saul para salvar sua vida (1 Samuel 23:29). Embora Davi já tivesse sido ungido como Rei de Israel pelo profeta Samuel, ele foi considerado um fugitivo pelo Rei Saul e seus homens. Foi em uma caverna em Engedi que Davi escolheu, em suas palavras , “não prejudicar o ungido do Senhor” , embora tivesse a oportunidade de matar o homem que o perseguia implacavelmente há anos.

Engedi foi o lugar onde Davi passou por um teste crucial em sua jornada para liderar Israel:  ele se recusou a matar o rei Saul e, portanto, optou por não tomar seu destino em suas próprias mãos A razão pela qual Deus ouve os gritos que vêm de Engedi é porque os gritos daquele lugar são aqueles que, em última instância, são entregues à vontade do Pai. Aparentemente, Davi recebeu uma palavra profética do Senhor de que Saul seria entregue em suas mãos quando seus homens o lembrassem: “Eis que este É o dia em que o Senhor vos disse: 'Vede; Estou prestes a entregar o seu inimigo em suas mãos, e você deve fazer a ele o que parecer bom para você. "

Davi estava tão em sintonia com o espírito de Deus em Engedi que reconheceu que a palavra profética que recebeu não era para que pudesse cumpri-la por suas próprias mãos, mas a palavra profética destinava-se apenas a testar os mais profundos motivos e desejos de Sua coração ! Ele tomaria seu destino em suas próprias mãos ou permitiria que o Senhor refinasse e testasse Seu coração?

Deus está procurando uma geração de líderes que estejam dispostos a esperar Nele. Aqueles que estão dispostos a se humilhar e confessar sua grande necessidade do Espírito de Deus. Precisamos desesperadamente de Sua liderança, Sua sabedoria, Sua direção nesta hora. O Espírito Santo nos fala sobre estes sete sinais e testes específicos pelos quais passaram homens e mulheres que foram testados em Engedi. Vamos olhar para eles juntos:

Os sete sinais de que os líderes estiveram em En-gedi

 1 - Eles recusam consistentemente a tentação de autopromoção (1 Samuel 24: 17)

“E disse a Davi: 'Tu és mais justo do que eu; porque me trataste bem, enquanto eu te procedi mal. ”O fato de Davi ter decidido não tirar a vida de Saul quando ele foi entregue em suas mãos em En-gedi deve dizer muito aos líderes em todos os lugares. Davi reconheceu que só o próprio Deus poderia promovê-lo, não as obras de suas próprias mãos. Quantas vezes muitos de nós temos a oportunidade de fazer muito de nós mesmos?

Os líderes que estiveram na caverna de En-gedi não usam dinheiro, posição ou ministério para se promoverem, mas permitem que o Espírito de Deus promova Cristo dentro deles. O problema com a autopromoção é que ela só pode ser mantida por meio de esforço, algo que Davi NÃO estava disposto a fazer. Davi reconheceu que era o próprio Deus quem estabeleceria sua realeza, e seria o próprio Deus quem sustentaria sua realeza. Está surgindo uma geração de líderes que aprenderão como preferir, adiar e promover os dons daqueles ao seu redor, em vez de si mesmos. A liderança de EQUIPE é o caminho do futuro!

2 - Eles reconhecem que só Deus pode defendê-los (1 Samuel 24: 10-12)

“Agora, meu pai, veja! Na verdade, veja a ponta do seu manto em minha mão! Pois nisso eu cortei a ponta do teu manto e não te matei, saiba e perceba que não há mal ou rebelião em minhas mãos, e eu não pequei contra você, embora você esteja esperando para tirar minha vida isto." 

Foi o jovem Davi quem reconheceu que somente o próprio Deus poderia limpar seu nome. Tirar a vida do rei Saul não seria o suficiente, embora Davi tivesse uma justificativa entre o povo para matar Saul. Os líderes que estiveram em En-gedi permitem que o Pai seja seu defensor. Eles não perdem tempo tentando limpar seu nome ou ministério. Esses líderes não são movidos pelo louvor dos homens, mas pelo desejo de ver Deus obter glória em todas as situações e em todos os momentos.

3 - Eles constroem monumentos para o nada (1 Samuel 24: 14)

“Depois de quem saiu o rei de Israel? Quem você está perseguindo? Um cachorro morto, uma única pulga 

Os líderes que já estiveram em En-gedi procuram oportunidades para se humilhar em meio a circunstâncias difíceisNão teria sido tão fácil para o jovem Davi agarrar o rei Saul naquela caverna e lembrá-lo, antes de matá-lo, de como o profeta Samuel havia ungido Davi rei sobre Israel anos antes? Não, Davi se considerava um cachorro morto e uma única pulga que o rei Saul estava perseguindo. Aqueles que lideraram e estiveram em En-gedi não assumem o crédito por seu sucesso e confessam como o apóstolo Paulo: “O que possuo que eu mesmo não recebi?” (1 Coríntios 4: 7).

4 - Eles cheiram a ovelhas (1 Samuel 24:22)

“ E Saul foi para sua casa, mas Davi e seus homens subiram para a fortaleza .”

Davi era apenas um simples menino pastor antes de Samuel ungir sua cabeça com óleo e proclamá-lo rei de Israel. Embora ainda se passassem muitos anos antes de Davi assumir o trono, o coração de um pastor estava se desenvolvendo dentro dele desde muito jovem. Davi sabia da importância de pastorear dentro do rebanho, então era natural que quando ele começou a ser confiado a uma posição de liderança, ele soubesse como liderar de dentro de sua própria companhia de homens.

Líderes que estiveram em En-gedi cheiram a ovelhas. Eles não se separam constantemente daqueles a quem servem. Esses líderes são acessíveis e suas vidas são livros abertos para todos e quaisquer que pedirem. Os líderes que já estiveram no Engedi não tratam as pessoas como ovelhas, porque eles próprios sabem que são ovelhas que precisam do Bom Pastor.

5 - Eles são treinados no deserto (1 Samuel 24: 8)

“Davi se curvou com o rosto em terra e se prostrou diante de Saul”.

Aqui estava o jovem Davi, curvando-se diante do próprio homem que estava tentando matá-lo! Este ato total de humildade e quebrantamento foi um sinal de que Davi foi submetido a ser treinado no deserto.

Os líderes que já estiveram na caverna de En-gedi entendem a diferença entre a "unção" e a temporada de "nomeação". Eles reconhecem que um "chamado" não é um "comissionamento". A temporada de En-gedi fica evidente na vida de líderes que se submeteram ao processo de consagração. Davi sabia o valor de ser treinado no deserto e também percebeu a destruição que viria se ele se recusasse a se submeter a ela. Os líderes que já estiveram em Engedi preferem ir mancando para o céu do que ir direto para o inferno.

6 - Eles se fortalecem e se encorajam no Senhor (1 Samuel 30: 6)

“Mas Davi se fortaleceu no Senhor seu Deus.”

Chegará o dia na vida de cada líder em que não haverá encorajamento, ninguém para oferecer conforto em alguns dos momentos de maior necessidade. Aqui Davi estava em Ziclague, absolutamente perturbado com a invasão dos amalequitas no Negev, onde capturaram ele e as famílias de seus homens. Seus próprios homens até começaram a falar em apedrejá-lo. Davi tinha uma decisão importante a tomar como líder. Ele poderia ceder aos seus próprios medos e desistir, ou ele poderia se voltar para o Senhor Seu Deus e se fortalecer em quem ele sabia que Deus era. Foi no deserto de En-gedi que Davi aprendeu o que significava ser totalmente abandonado ao Senhor. Ziclague foi simplesmente outro teste.

Lideres que têm aprendido em En-gedi sabem como incentivar-se no Senhor. É o que os separa dos mornos.  Os líderes que estiveram na caverna de En-gedi carregam corações que foram testados pelo louvor que os homens lhes deram. Em menos de 24 horas a partir deste momento em Ziclague, Davi seria coroado Rei de Israel, pois Saul e seus filhos cairiam no Monte Gilboa. Talvez a capacidade de Davi de se fortalecer e se encorajar no Senhor tenha sido o teste final antes que o próprio Deus o promovesse como rei.

7 - Eles andam em obediência absoluta (1 Samuel 30:17)

“E Davi os matou desde o crepúsculo até a tarde do dia seguinte; e nenhum deles escapou ... ”

Quando o rei Saul recebeu a missão de exterminar os amalequitas e tudo o que eles possuíam, ele fez a escolha de poupar seu rei Agague e deixar o mais seleto dos despojos para ele e seus homens. Quando Davi perseguiu os amalequitas, ele massacrou todos os que ele e seus homens conseguiram atingir.

Lideres que têm aprendido em En-gedi completam as tarefas que Deus lhes deu, sem demora. Eles entendem que obediência parcial não é obediência.  Davi foi testado em En-gedi para saber se faria justiça com as próprias mãos matando Saul, o que ele recusou porque não foi liberado para isso. Depois de consultar o Senhor em Ziclague, ele foi liberado para perseguir os amalequitas e matá-los. Os líderes que estiveram em Engedi sabem quando entrar na batalha em obediência e quando deixar a batalha nas mãos do Senhor em obediência.

Uma Oração para Líderes

A verdade é que, independentemente de sua carreira ou posição na vida, todos somos chamados a ser líderes. Temos a oportunidade de influenciar as pessoas todos os dias. Que as provações e tentações  que Davi suportou em En-gedi ministrem a todos nós hoje. Que todos nos lembremos de Hebreus 5: 7, que diz: “Nos dias da sua carne, Jesus ofereceu orações e súplicas, com altos gritos e lágrimas, àquele que foi capaz de salvá-lo da morte, e ele foi ouvido por causa de sua reverência. ”

Deus ouve nossos gritos e orações. Ele realmente está formando uma nova geração de líderes em Engedi agora mesmo. O melhor está por vir!


quarta-feira, 23 de junho de 2021

Vida comum

Coloque Deus em cada pequena coisa que você fizer. Não tente sobreviver por sua própria conta durante a semana e depois vir a igreja aos domingos pensando em conserta-se não funciona assim. 
Precisamos da palavra, da presença de Deus regulamente, isso pode tornar uma vida comum cotidiana, as vezes até mundana, bastante, simples e chata em uma vida animada e realmente boa. 

Quando você anda não Deus,realmente não temos ideia do que Ele pode fazer.

1 desfrute a vida diária 
2 desfrute a sua vida e 
3 aprenda a viver a vida com Deus.

Pare de ser tão rígidos e formais e viva a vida com Deus. Se divirta, você é capaz. 
Goste de si mesma, sem culpa. Desfrute a velha e comum segunda feira. Lavando a louça. Seja feliz na vida simples e cotidiana. Seja grata por tudo.

Se o diabo não consegue nos manter tristes e zangados, então ele perde a batalha. O diabo não quer as suas coisas, ele quer a sua alegria!

Porque? Por que alegria é força, quanto mais alegre você é, mais forte você é! ( Jo 10:10) significa muita coisa, para nós. O ladrão vem tão somente para roubar, matar e destruir. O ladrão é o diabo, mas Jesus disse: Eu vim, graças a Deus! Que interrupção poderosa. Jesus disse, eu vim para que você transborde, para que você seja completo. Deus em toda a sua Santidade disse: Eu quero que você desfrute sua vida, em abundância, ao máximo, até que ela esteja transbordando de você.

quinta-feira, 17 de junho de 2021

Farpas no coração

As pessoas estão sofrendo muito, com um pouco de esforço e um ouvido desapressado muitas dores podem ser curadas, muitas pessoas podem livres para seguirem em frente.

terça-feira, 15 de junho de 2021

Quando Deus nos esconde ninguém nos acha, mas quando Ele nos mostra ninguém nos esconde

 Tem fases da vida que nos sentimos invisível, escondida e esquecida, pelas pessoas, pelas circunstâncias por Deus. Ele nos tira dos holofotes para que sejamos somente Dele, para que aprendemos a desfrutar da sua companhia sem concorrentes. Ele é um Pai ciumento!

Tudo o que nos rouba desse momento de nos acolher do Deus Eterno é passado pela peneira, não é para o nosso mal, pelo contrário, os pensamentos Dele, são de paz e bem.

Mesmo que não entendemos que a nossa rotina ordinária, e insignificante é importante para Deus, ele nos ama como somos, ele ama saber o que pensamos, sentimos e deseja participar dos momentos à beira da pia, no trabalho, ele se importa com toda a nossa vida.

É tão bom saber que Ele vê nossos pensamentos, quando vem aquelas duvidas em que decisões tomar, como virá a sua provisão, podemos ter um dialogo com ele em qualquer ambiente. Não estamos sozinhos, temos o Consolador para nos ajudar, quando não sabemos o que fazer.

Deus nos chamou para estar com Ele, em vez de trabalharmos para Ele, quando o serviço ocupa o lugar de intimidade precisamos parar tudo e repensar no que está acontecendo. Se não pararmos, Ele nos irá nos parar, e esse processo é doloroso, ser parado por Deus doí muito, porque estamos agindo segundo um rito, uma religiosidade. Muitas das vezes no momento não entendemos, mas se nos quebrantarmos, e refletimos nossas açoes, veremos que Deus é bom, e seus planos são melhores que os nossos.

Podemos confiar no Deus Soberano, ele não perde o controle de nada, não dorme nem se cansa.

Oração:

Pai, segundo a tua misericórdia, nos ajude a descansar e repousar em teus braços, em todos os momentos, principalmente naqueles momentos em que nos sentimos insignificantes, esquecidos e invisível. Nos faz confiar somente em teu cuidado e amor.

Nos faz saber a cada dia que somos como a menina de teus olhos, que os teus planos e pensamentos em nosso respoito é de paz, e de bom futuro. Obrigada por cuidar de nós. Amém!



sexta-feira, 11 de junho de 2021

Aniversário 35 anos



Quero agradecer a Deus por hoje completar 35 anos de vida. O sentimento que me toma é a gratidão, por estar viva, com saúde após o Covid-19 que tive em dezembro/2020 sem sequelas. O Senhor tem cuidado tão bem de mim, nada seria ou poderia sem Ele.

Essa passagem dos 34 para agora 35 anos, foi umas das mais difíceis pra mim. Me senti muitas vezes como sendo esmagada, triturada. E o Senhor permitiu, para que meu caráter fosse transformado, e eu ficasse cada vez mais parecida com Jesus, no amor, na generosidade, na mansidão e na dependência do céu.

Tomei tantas decisões difíceis e importante como desistir do namoro com o Fabiano, a desistência da compra do apartamento pelo financiamento, mas também decisões sábias, como estudar o bacharel em Teologia e a de permanecer no ministério de louvor, a de buscar mais intimidade com o Senhor e a de não desanimar quando sentia na igreja o olhar de julgamentos e acusações de alguns irmaus. 

O céu me sustentou, Jesus enviou esforços, amigos de oração, amigas mais chegadas que irmãs. Oramos sem parar um dia por mais de 8 meses, todos os dias das 00h às 01h foi um tratamento do céu, esses tempos em comunhão com os irmãos, orando por vidas, orando por cura e tantas outras coisas.

Agradeço a Deus por cuidar de mim, do Rafael, da minha família. O Senhor me fez mergulhar mais fundo, me fez desejar o avivamento e a presença do Senhor em mim.

Obrigada meu Pai pelo meu lindo futuro. Te amo!!!

🎂🥳🎊🎉❤️

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Pra hoje

Morrer para si mesmo é uma mensagem que raramente ouvimos nesta geração egocentrica. Uma das coisas mais difíceis de fazer é gerir a si mesmo sem a ajuda do Espirito Santo. Morrer para si mesmo significa ser crucificado com Cristo a partir dos entrelaços deste mundo e a si mesmo. Quanto mais profundo estivermos dispostos a entrar no reino da morte de si mesmo, mais conheceremos o poderoso poder de Deus. 

sexta-feira, 4 de junho de 2021

Primeira vez no monte, o que achei ?

Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. ( João 4: 19-21).

Muito podem dizer que certas coisas não são reveladas, que não devemos expor nossa intimidade com Deus; eu concordo em partes. Como nunca havia ido orar à Deus no monte, quis relatar minha experiência, para assim como eu não sabia como era, sei que tem outras pessoas que ainda não foram.

Jesus nesta passagem nos disse que iriamos adora-lo, buscar sua Presença, não apenas no monte ou em Jerusalém, mas estando o buscando em espirito e em verdade; Ele estaria ou recebia como o fosse.

Tudo depende da intenção do nosso coração, se irmos no monte com o intuito de sacrificar nosso conforto, nosso ego e nossa carne, sendo um sacrifício à mais; com certeza colheremos do fruto da nossa disposição. Agora se fomos ao monte apenas por uma religiosidade, para " mostrar-nos" mais santidade à pessoas, como se fossemos alguma coisa, digo que seria perca de tempo.

Minha experiência foi maravilhosa, pela disposição que tenho em buscar a Presença do Eterno, a experiência de ir com minhas amigas de oração e proposito, foi marcante e inesquecível. Por isso a palavra de Deus nos diz, que não é bom o homem viver só, essa palavra se aplica à não só entre relacionamento de marido e mulher, mas um irmão fortalecer a outro. Não fazemos nada sozinhos e tudo que o Senhor irá realizar na Terra, seja o grande Avivamento, seja em transformar o mundo será por intermédio de sua igreja. Precisamos um do outro, e dificilmente alguém irá ao monte sozinho, então essa interação do corpo de Cristo, é poderosíssima.

Eu aconselho a ir, a ter uma vida de devoção e santidade ao Senhor, chame outros parceiros de oração, vá buscar ao Senhor; pois Ele é tão infinito que nenhum homem pode dizer que já bastou o conhecimento e a Presença Dele, é uma fonte inesgotável esse Deus maravilho que servimos.

Como disse o Apostolo Paulo: " Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos!
Por que quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro?
Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado?
Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. ( Romanos 11: 33-36).

Se Paulo que teve uma experiência marcante com o Senhor, a ponto de dizer, "Ó profundidade das riquezas". O que será que ele, estava querendo expressar? Quão grande não é a sabedoria e a ciência de Deus, não é possível mencionar o que Paulo vivenciou e que não deixou relatado em suas cartas. Eu sei de mim; quero conhecer mais do Senhor, que meu espirito viva esses entusiasmos de conhece-lo à cada, dia.

Dicas para quem irá ao monte no período noturno: Leve, repelente pois tem bastante formiguinhas à noite e um pano para se ajoelhar e sentar, se possível uma lanterna ou a lanterna do celular, embora possa tentar te distrair, ir com o celular. Vá clamando ao Senhor para se revelar, ore e se cale, para ouvir o Senhor também, as vezes na ansiedade de falar e pedir; não deixamos o Senhor, falar conosco. Isso desmotiva, não ouvi-lo.

Seja no monte ou no vale, Deus está presente onde encontra um coração disponível. Deus os abençoe!

Monte da Quentinha - Diadema.






A benção ou à maldição é uma escolha pessoal

"Se obedecerem aos mandamentos do Senhor, seu Deus, e andarem em seus caminhos, o Senhor os constituirá como seu povo santo, conforme prometeu sob juramento.  Assim, todas as nações da terra verão que vocês são um povo que o Senhor tomou para si e os temerão". ( Deuteronômio 28:9-10).

 O texto não diz que o povo deveria responder à declaração dessas bênçãos com "amém", como havia feito com as maldições. As maldições não eram proféticas, enquanto essa lista de bênçãos era a promessa profética de Deus daquilo que ele faria por seu povo, se eles honrassem seu compromisso com ele. 

As bênçãos de Deus são inteiramente fruto de sua graça, quer seu povo aprove-as e aprecie-as, quer não. Essas bênçãos elevariam Israel acima de todas as outras nações (Dt 26:19) e fariam de Israel uma "luz para as nações" (Is 49:6). Isso daria aos israelitas a oportunidade de falar a outras nações sobre o verdadeiro Deus vivo (Dt 28:10).

Devemos ter sempre em mente o motivo pelo qual o Senhor prometeu essas bênçãos maravilhosas. Em primeiro lugar, a nação de Israel ainda se encontrava em sua infância espiritual (Cl 4:1-7), e uma forma de ensinar as crianças é por meio de recompensas e de castigos. 

Essas bênçãos materiais eram a maneira de Deus lembrar seus filhos de que a obediência traz benefícios e a desobediência traz disciplina. No entanto, não demorou para os israelitas mais perspicazes perceberem que as pessoas perversas também estavam recebendo bênçãos, de modo que a fé era mais do que simplesmente ser recompensado (ver Sl 73; Jr 12:1-4; Jó 21:7-15).

Aos poucos, Deus ensinou a seu povo que sua obediência era um testemunho às outras nações (Dt 28:12) e que glorificava o nome dele. A obediência também construía um caráter piedoso no povo para que pudesse, de fato, constituir uma nação santa e um reino de sacerdotes.


No deserto tem maná

 O maná era especialmente nutritivo, pois sustentava um adulto durante um dia de marcha pelo deserto. Ao que parece, os membros de cada família juntavam seus suprimentos diariamente e nunca havia escassez de alimento. Uma vez que os israelitas marchavam e acampavam divididos em tribos (Nm 1 - 2), sem dúvida cada clã ou família ajuntava todo o maná que haviam recolhido e providenciava para que todos fossem devidamente alimentados.

Era importante que os israelitas se levantassem cedo para recolher o maná, pois o sol quente do deserto o derretia (Êx16:21). No acampamento de Israel, não havia lugar para o preguiçoso que ficava na cama, enquanto os outros recolhiam seu alimento. 

Encontramos nisso uma lição para os cristãos de hoje: devemos começar o dia com o Senhor, recolhendo alimento espiritual da Palavra, pois se nos demorarmos para nos encontrar com Deus, o dia ficará ocupado demais, repleto de distrações, e acabaremos sofrendo de desnutrição espiritual. 


Os israelitas preguiçosos talvez quisessem guardar o maná para que pudessem dormir na manhã seguinte, mas Moisés advertiu-os para não fazê-lo. Alguns tentaram guardar o alimento, de qualquer forma, e ele azedou, cheirou mal e deu bichos, e tiveram de jogar tudo fora. Essas pessoas não apenas desobedeceram às instruções divinas, como também estavam vivendo de modo contrário às práticas de Deus, pois o Senhor providenciava para que o sol derretesse o maná que havia ficado no solo. Não vale a pena rebelar-se contra aquilo que Deus diz em sua Palavra e contra o exemplo que ele dá em sua criação.

Não apenas a dádiva do maná era uma 

ocorrência extraordinária seis dias por semana como também sua conservação. Deus alimentou seu povo, pois se importava com eles. Deus deu a lei a Israel porque amava seu povo. Os israelitas precisavam de uma luz para guiá-los, e a lei de Deus é como uma lâmpada e um mapa, e obedecer à lei é o caminho da vida (Pv 6:23). Deus cuida de seu povo!


quinta-feira, 3 de junho de 2021

Em exemplo de vida com Deus - Luiz de Carvalho

 Como disse o apostolo Paulo: " Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda. ( 2 Timóteo 4:7-8).

Assim foi a vida deste servo do Senhor, terminou seus 90 anos de vida adorando ao Senhor com canções são lindas e cheias da palavra do nosso Deus. Ao Senhor toda glória e honra.



A Deus Toda Glória 

Vou agradecer a meu Deus o que fez por mim
Benção sem medida pra provar o Seu amor sem fim
Nem anjos podem expressar a minha eterna gratidão
Tudo o que sou e o que vier a ser aqui eu agradeço a Ti
A Deus toda glória
A Deus toda glória
A Deus toda glória
Pelas bênçãos sem fim
Com o Seu sangue salvou-me
Seu poder transformou-me
A Deus toda glória
Pelas bênçãos sem fim
Quero viver pra Ti
Tua vontade cumprir
Se algum louvor ganhar
Quero entregar ao meu Salvador
Com o Seu sangue salvou-me
Seu poder transformou-me
A Deus toda glória
Pelas bênçãos sem fim
Quero viver pra Ti
Tua vontade cumprir
Se algum louvor ganhar
Quero entregar ao meu Salvador
Com o Seu sangue salvou-me
Seu poder transformou-me
A Deus toda glória
Pelas bênçãos sem fim.


Quem acredita sempre alcança


Sempre ouvi essa música e falava quem acredita sempre alcança. Mas refletindo melhor quem acredita em quem e no quê?
Passando tantas dificuldades financeiras e vivendo um período de silêncio do céu. Ao invés de reclamar, lembrei que o Filho do Homem não tinha onde reclinar a sua cabeça, nasceu em uma estalagem ao cheiro dos animais rurais e o que é uma fase de dificuldade? O Apóstolo Paulo nos disse na carta aos Romanos que a nossa luta aqui é leve e momentânea, se comparada a eternidade de glória!

Se irei continuar morando nos meus dois cômodos alugados, ou se terei que voltar a morar com minha mãe não sei, se meu esposo vai chegar e falar vamos casar guria, vamos construir nossa família não sei, se vou continuar fazendo a faculdade de Teologia pelo aberto financeiro agora não sei. Prefiro olhar para o monte santo do Senhor, e crer que de lá vira meu socorro, o livramento, a provisão e o meu sonho de contemplar a beleza da sua Santidade. O céu me sustenta, eu dependo de Ti, Pai! Te amo.❤️