segunda-feira, 9 de março de 2020

Mulheres no estudo da Teologia

Teologia é coisa de mulher, por que somos feitos a imagem de Deus, não só homens, mas mulheres também. Então nós também temos o dever e o chamado de fazer teologia boa. Amando a Deus com todos os nossos corações, almas e mentes.

Amar a Deus significa amar as verdades Dele, então devemos prezar pela meditação e estudo da sua palavra, para que possamos crescer e conhecer mais a Ele.

Temos que dispensar a ideia que teologia para "mulheres" diz respeito somente aos assuntos do lar ou da família. Conhecer a Deus significa conhece-lo plenamente, o que inclui seus atributos e feitos.

E não é só que fomos feitos na imagem de Deus, mas somos feitos diferentes dos homens, como mulheres temos a nossa própria perspectiva, experiencia, voz. A teologia é em si não muda, mas a maneira que é comunicada por pessoas com diversas experiencias contribui para um entendimento mais rico.

Somos todos participantes do mesmo corpo, e as nossas diferenças fazem que nossas diferenças sejam um corpo completo e saudável, fora isso parece que desde a queda temos sido cercadas com equívocos e confusão com relação a quem somos como mulheres. Qual nossa relação com Deus, de onde vem o nosso valor, qual o nosso papel. Se não tiver-mos uma teologia boa, forte e desenvolvida, somos capazes de nos perder nesse caos todo. Nas palavras de John Piper " teologia fraca produz mulheres fracas".

Então temos a responsabilidade de fazermos teologia , para nos alimentar da palavra, para entendermos o que crermos, para sermos capazes de defender a nossa fé e suportar as críticas de um mundo perdido.

Se nós mulheres evitarmos fazer teologia, ou somente nos limitarmos a questões de lar e família então não estaremos conhecendo Deus em sua integralidade. Seremos fracas, vivendo uma vida cristã parcial e teologicamente pobre.

Nenhum comentário: