sábado, 11 de abril de 2020

Depressão

Depressão é uma das experiências mais perturbadoras do ser humano porque o que adoece é o comportamento da pessoa e por consequências os relacionamentos. Segundo a OMS é a segunda doença mais preocupante para o setor da saúde.

A origem da doença, sintomas, tipologia  e as formas de tratamentos ainda permanecem desconhecidas para uma boa parte da sociedade, inclusive, para o meio cristão o qual apesar de estar ciente da existência da doença, encontra dificuldade em reconhecer a dimensão do problema.

Em alguns casos, no meio cristão, a depressão não é considerada uma doença sendo confundida e tratada como opressão ou possessão. Entretanto, os casos depressivos diferem uns do outros e nem todos são de origem espiritual, além da culpa pelo pecado, questões situacionais como aposentadoria, luto, finanças, separações, doenças graves, assédio moral e apropriação indébita da propriedade intelectual também podem desencadear a depressão. Os portadores da doença são acometidos de um profundo sentimento que eles próprios não entendem como surgiu não sabendo como manejar essa situação. São almas que precisam de atenção,apoio, amor e essencialmente de Jesus, considerá-las doentes da alma é imputar sobre elas o rotulo do preconceito. 

A generalização do enfoque acerca da doença como origem espiritual, considerada demoníaca, além de desencadear um processo de medo na vítima da depressão pode acentuar os danos emocionais que já vem sofrendo, afastando-a cada vez mais do convívio social. E a busca da comprrensão, conforto, consolação e a esperança de cura, nesse cenário, se desvanecem, consequentemente, o depressivo além de continuar adoecido não permanece na Igreja, o que pode colocar em risco sua saúde física, mental e espiritual.

Devolver a saúde ao coração humano através da promessa em Isaias 61 é a principal fundamentação deste trabalho visando a necessidade de despertar o meio cristão em preparar-se habilmente para o aconselhamento deste público através de conhecimentos biblícos aprofundados e informações relevantes acerca a doença de forma a atendê-lo eficazmente. 


Um meio para ajudar uma pessoa depressiva é a informação sobre o assunto e generalização do mesmo, o desconhecimento sobre a doença leva as pessoas não terem o devido cuidado e paciência com as vítimas da depressão. É importante conhecer as causas, a origem da depressão que cada pessoa está passando e ter noções sobre diagnósticos corretos e soluções adequadas. 


Como tratar uma pessoa com depressão, não é tão difícil assim como parece. Ser amoroso, receptivo, íntegro, respeitoso, ético, sigiloso, alegre, compreensivo, afetuoso, ser uma pessoa de oração, que saiba ouvir, que use de sabedoria, transmita paz e não trate o depressivo como inválido, mas dê credibilidade, tendo cuidado e delicadeza, pois a situação envolve um processo de libertação e cura.

O desconhecimento da depressão como doença não tem permitido a comunidade cristã efetuar um aconselhamento eficaz e contínuo aos depressivos.


A analise do panorama atual da depressão mediante a perspectiva futura, torna evidente a importância de teólogos, pastores, líderes eclesiásticos, psicólogos e psiquiatras cristãos viabilizarem uma parceria para a elaboração de um estudo, curso, onde somar os conhecimentos de ambas as áreas. E envidar esforços no sentido gerar um material didático/pedagógico, de modo a instrumentalizar pastores, líderes e suas equipes provendo suporte ao pastoreio e aconselhamento e o momento certo de encaminhar o aconselhado para um tratamento adequado com um profissional.

Este tipo de ação potencializará o atendimento às vítimas do transtorno de humor, livrando-as da mira do preconceito e lhes permitindo resgatar sua auto estima e identidade e, principalmente, sem sentir medo de assumir a doença e iniciar o tratamento. E além de ampliar o amparo ao portador de conflitos emocionais, fortalecerá o ministério de aconselhamento e valoração do profissional (psicólogo/psiquiatra).

Gostaria de indicar dois profissionais que conheço e sei que além do pedagógico levam a Palavra de Deus como fundamento. 

Psicólogo Wemweson S.Silveira
CRP 06/ 145592 
Tel: 11 98252-2577 - Diadema - SP.

Psicóloga Sandra Viana Castro
CRP 06/ 144364
Tel: 11 96125-3336 - SBC e Santo André.


Nenhum comentário: