segunda-feira, 3 de maio de 2021

Milagres não ocorrem todo dia

 A divisão do mar Vermelho (Ex 14.21) é um dos mais conhecidos exemplos de milagres bíblicos, Estas maravilhas são na verdade extraordinárias intervenções de Deus na ordem natural das coisas, a fim de que se cumpram os propósitos divinos e seja dada glória ao Seu nome.

Pode-se supor que cada ato do Senhor é um milagre, e, de uma perspectiva humana, isto é verdade. Deus, na maioria das vezes, concede poderes regulares à natureza para operar exatamente de acordo com Seus princípios e Suas leis, finalidade com a qual Ele originalmente a criou. Assim, por exemplo, o curso normal do mar Vermelho era que suas águas obedecessem às leis da gravidade e continuassem unidas.

Contudo, a Bíblia revela, de tempos em tempos, que Deus soberanamente dá ordens superiores às leis naturais e faz com que as coisas funcionem além do esperado normalmente. Estes milagres também são chamados de sinais, maravilhas ou atos poderosos. 

No mar Vermelho, Deus fez com que as águas desobedecessem temporariamente aos princípios naturais de curso e gravidade, para que os filhos de Israel pudessem atravessar em chão seco.



Nenhum comentário: