quinta-feira, 13 de maio de 2021

O louvor para os meus dias atuais



Me pego tão apreensiva se vou ter dinheiro para pagar mais um mês a faculdade e colocar comida em casa. Se vou conseguir pagar o aluguel e a fatura do cartão de crédito. Me pego chateada pelo pai do Rafa não ter condições de pagar a pensão, porque não tem emprego, também não cobro, tenho paciência um mês, dois, um ano, dois. E cada mês, mesmo com dificuldades, me contorcendo, meu Pai eterno me mostra a cada mês, que quem manda a provisão, que quem é meu sustento é Ele. Choro, perco o sono, as vezes me calo, as vezes as lagrimas oram por mim, as vezes louvo, como esse hino, sem ver NADA! E Ele mais uma vez, e mais uma vez e mais uma vez me mostra que meu socorro vem do céu.

Como diz em Salmos 40.1 " Espere com paciência no Senhor, não é esperar por meu futuro esposo, nem ajuda do governo, nem nos meus pais que nem sabe as dificuldades que passo. É literalmente o Senhor e eu.

Eu vivo, como quem não sente mais falta de nada, e se sinto o Espirito Santo me fala, que está comigo e que se não tenho algo, é porque ainda não preciso. É um aprenda a depender SOMENTE  de mim, o demais eu cuido.


Muito obrigada meu Pai Eterno, por ser meu amigo, meu Senhor, meu Pai e meu amor.

Te amo 







DEUS DOS MEUS PAIS Passaste como um vento por todas gerações Tua glória nunca morre Teu nome também não Eu li os Teus milagres e o meu coração estremeceu Deus dos meus pais Deus de Abraão Deus de todas as histórias De todos os tempos Deus da criação Me envolve em Teus mistérios Revela os Teus projetos Preenche todos os vazios Me envolve em Teus mistérios Revela os Teus projetos Preenche todos os vazios Até que eu não sinta mais falta Até que eu não sinta mais falta Até que eu não sinta mais falta de nada, de nada Até que eu não sinta mais falta Até que eu não sinta mais falta Até que eu não sinta mais falta de nada, de nada Até que eu não sinta mais falta Até que eu não sinta mais falta Até que eu não sinta mais falta de nada, de nada Te amo, Deus Enche a minh'alma O meu coração Preenche tudo, tudo, tudo Todos os vazios Deus dos meus pais Deus de Abraão Deus de todas as histórias De todos os tempos Deus da criação Compositora: Sarah Farias


 

Nenhum comentário: