quarta-feira, 30 de junho de 2021

O teste que Davi enfrentou na caverna de En-gedi

A liderança do Rei Davi e quantas das escolhas que ele fez são significativas para o odre da liderança que Deus deseja formar na terra agora. Quer você seja uma dona de casa, um médico, um empresário ou um pastor, esta é uma palavra nova para você orar!

O Teste de En-gedi

O oásis de En-gedi em Israel era conhecido como um esconderijo de refúgio para o jovem Davi e seus homens enquanto ele fugia do rei Saul para salvar sua vida (1 Samuel 23:29). Embora Davi já tivesse sido ungido como Rei de Israel pelo profeta Samuel, ele foi considerado um fugitivo pelo Rei Saul e seus homens. Foi em uma caverna em Engedi que Davi escolheu, em suas palavras , “não prejudicar o ungido do Senhor” , embora tivesse a oportunidade de matar o homem que o perseguia implacavelmente há anos.

Engedi foi o lugar onde Davi passou por um teste crucial em sua jornada para liderar Israel:  ele se recusou a matar o rei Saul e, portanto, optou por não tomar seu destino em suas próprias mãos A razão pela qual Deus ouve os gritos que vêm de Engedi é porque os gritos daquele lugar são aqueles que, em última instância, são entregues à vontade do Pai. Aparentemente, Davi recebeu uma palavra profética do Senhor de que Saul seria entregue em suas mãos quando seus homens o lembrassem: “Eis que este É o dia em que o Senhor vos disse: 'Vede; Estou prestes a entregar o seu inimigo em suas mãos, e você deve fazer a ele o que parecer bom para você. "

Davi estava tão em sintonia com o espírito de Deus em Engedi que reconheceu que a palavra profética que recebeu não era para que pudesse cumpri-la por suas próprias mãos, mas a palavra profética destinava-se apenas a testar os mais profundos motivos e desejos de Sua coração ! Ele tomaria seu destino em suas próprias mãos ou permitiria que o Senhor refinasse e testasse Seu coração?

Deus está procurando uma geração de líderes que estejam dispostos a esperar Nele. Aqueles que estão dispostos a se humilhar e confessar sua grande necessidade do Espírito de Deus. Precisamos desesperadamente de Sua liderança, Sua sabedoria, Sua direção nesta hora. O Espírito Santo nos fala sobre estes sete sinais e testes específicos pelos quais passaram homens e mulheres que foram testados em Engedi. Vamos olhar para eles juntos:

Os sete sinais de que os líderes estiveram em En-gedi

 1 - Eles recusam consistentemente a tentação de autopromoção (1 Samuel 24: 17)

“E disse a Davi: 'Tu és mais justo do que eu; porque me trataste bem, enquanto eu te procedi mal. ”O fato de Davi ter decidido não tirar a vida de Saul quando ele foi entregue em suas mãos em En-gedi deve dizer muito aos líderes em todos os lugares. Davi reconheceu que só o próprio Deus poderia promovê-lo, não as obras de suas próprias mãos. Quantas vezes muitos de nós temos a oportunidade de fazer muito de nós mesmos?

Os líderes que estiveram na caverna de En-gedi não usam dinheiro, posição ou ministério para se promoverem, mas permitem que o Espírito de Deus promova Cristo dentro deles. O problema com a autopromoção é que ela só pode ser mantida por meio de esforço, algo que Davi NÃO estava disposto a fazer. Davi reconheceu que era o próprio Deus quem estabeleceria sua realeza, e seria o próprio Deus quem sustentaria sua realeza. Está surgindo uma geração de líderes que aprenderão como preferir, adiar e promover os dons daqueles ao seu redor, em vez de si mesmos. A liderança de EQUIPE é o caminho do futuro!

2 - Eles reconhecem que só Deus pode defendê-los (1 Samuel 24: 10-12)

“Agora, meu pai, veja! Na verdade, veja a ponta do seu manto em minha mão! Pois nisso eu cortei a ponta do teu manto e não te matei, saiba e perceba que não há mal ou rebelião em minhas mãos, e eu não pequei contra você, embora você esteja esperando para tirar minha vida isto." 

Foi o jovem Davi quem reconheceu que somente o próprio Deus poderia limpar seu nome. Tirar a vida do rei Saul não seria o suficiente, embora Davi tivesse uma justificativa entre o povo para matar Saul. Os líderes que estiveram em En-gedi permitem que o Pai seja seu defensor. Eles não perdem tempo tentando limpar seu nome ou ministério. Esses líderes não são movidos pelo louvor dos homens, mas pelo desejo de ver Deus obter glória em todas as situações e em todos os momentos.

3 - Eles constroem monumentos para o nada (1 Samuel 24: 14)

“Depois de quem saiu o rei de Israel? Quem você está perseguindo? Um cachorro morto, uma única pulga 

Os líderes que já estiveram em En-gedi procuram oportunidades para se humilhar em meio a circunstâncias difíceisNão teria sido tão fácil para o jovem Davi agarrar o rei Saul naquela caverna e lembrá-lo, antes de matá-lo, de como o profeta Samuel havia ungido Davi rei sobre Israel anos antes? Não, Davi se considerava um cachorro morto e uma única pulga que o rei Saul estava perseguindo. Aqueles que lideraram e estiveram em En-gedi não assumem o crédito por seu sucesso e confessam como o apóstolo Paulo: “O que possuo que eu mesmo não recebi?” (1 Coríntios 4: 7).

4 - Eles cheiram a ovelhas (1 Samuel 24:22)

“ E Saul foi para sua casa, mas Davi e seus homens subiram para a fortaleza .”

Davi era apenas um simples menino pastor antes de Samuel ungir sua cabeça com óleo e proclamá-lo rei de Israel. Embora ainda se passassem muitos anos antes de Davi assumir o trono, o coração de um pastor estava se desenvolvendo dentro dele desde muito jovem. Davi sabia da importância de pastorear dentro do rebanho, então era natural que quando ele começou a ser confiado a uma posição de liderança, ele soubesse como liderar de dentro de sua própria companhia de homens.

Líderes que estiveram em En-gedi cheiram a ovelhas. Eles não se separam constantemente daqueles a quem servem. Esses líderes são acessíveis e suas vidas são livros abertos para todos e quaisquer que pedirem. Os líderes que já estiveram no Engedi não tratam as pessoas como ovelhas, porque eles próprios sabem que são ovelhas que precisam do Bom Pastor.

5 - Eles são treinados no deserto (1 Samuel 24: 8)

“Davi se curvou com o rosto em terra e se prostrou diante de Saul”.

Aqui estava o jovem Davi, curvando-se diante do próprio homem que estava tentando matá-lo! Este ato total de humildade e quebrantamento foi um sinal de que Davi foi submetido a ser treinado no deserto.

Os líderes que já estiveram na caverna de En-gedi entendem a diferença entre a "unção" e a temporada de "nomeação". Eles reconhecem que um "chamado" não é um "comissionamento". A temporada de En-gedi fica evidente na vida de líderes que se submeteram ao processo de consagração. Davi sabia o valor de ser treinado no deserto e também percebeu a destruição que viria se ele se recusasse a se submeter a ela. Os líderes que já estiveram em Engedi preferem ir mancando para o céu do que ir direto para o inferno.

6 - Eles se fortalecem e se encorajam no Senhor (1 Samuel 30: 6)

“Mas Davi se fortaleceu no Senhor seu Deus.”

Chegará o dia na vida de cada líder em que não haverá encorajamento, ninguém para oferecer conforto em alguns dos momentos de maior necessidade. Aqui Davi estava em Ziclague, absolutamente perturbado com a invasão dos amalequitas no Negev, onde capturaram ele e as famílias de seus homens. Seus próprios homens até começaram a falar em apedrejá-lo. Davi tinha uma decisão importante a tomar como líder. Ele poderia ceder aos seus próprios medos e desistir, ou ele poderia se voltar para o Senhor Seu Deus e se fortalecer em quem ele sabia que Deus era. Foi no deserto de En-gedi que Davi aprendeu o que significava ser totalmente abandonado ao Senhor. Ziclague foi simplesmente outro teste.

Lideres que têm aprendido em En-gedi sabem como incentivar-se no Senhor. É o que os separa dos mornos.  Os líderes que estiveram na caverna de En-gedi carregam corações que foram testados pelo louvor que os homens lhes deram. Em menos de 24 horas a partir deste momento em Ziclague, Davi seria coroado Rei de Israel, pois Saul e seus filhos cairiam no Monte Gilboa. Talvez a capacidade de Davi de se fortalecer e se encorajar no Senhor tenha sido o teste final antes que o próprio Deus o promovesse como rei.

7 - Eles andam em obediência absoluta (1 Samuel 30:17)

“E Davi os matou desde o crepúsculo até a tarde do dia seguinte; e nenhum deles escapou ... ”

Quando o rei Saul recebeu a missão de exterminar os amalequitas e tudo o que eles possuíam, ele fez a escolha de poupar seu rei Agague e deixar o mais seleto dos despojos para ele e seus homens. Quando Davi perseguiu os amalequitas, ele massacrou todos os que ele e seus homens conseguiram atingir.

Lideres que têm aprendido em En-gedi completam as tarefas que Deus lhes deu, sem demora. Eles entendem que obediência parcial não é obediência.  Davi foi testado em En-gedi para saber se faria justiça com as próprias mãos matando Saul, o que ele recusou porque não foi liberado para isso. Depois de consultar o Senhor em Ziclague, ele foi liberado para perseguir os amalequitas e matá-los. Os líderes que estiveram em Engedi sabem quando entrar na batalha em obediência e quando deixar a batalha nas mãos do Senhor em obediência.

Uma Oração para Líderes

A verdade é que, independentemente de sua carreira ou posição na vida, todos somos chamados a ser líderes. Temos a oportunidade de influenciar as pessoas todos os dias. Que as provações e tentações  que Davi suportou em En-gedi ministrem a todos nós hoje. Que todos nos lembremos de Hebreus 5: 7, que diz: “Nos dias da sua carne, Jesus ofereceu orações e súplicas, com altos gritos e lágrimas, àquele que foi capaz de salvá-lo da morte, e ele foi ouvido por causa de sua reverência. ”

Deus ouve nossos gritos e orações. Ele realmente está formando uma nova geração de líderes em Engedi agora mesmo. O melhor está por vir!


quarta-feira, 23 de junho de 2021

Vida comum

Coloque Deus em cada pequena coisa que você fizer. Não tente sobreviver por sua própria conta durante a semana e depois vir a igreja aos domingos pensando em conserta-se não funciona assim. 
Precisamos da palavra, da presença de Deus regulamente, isso pode tornar uma vida comum cotidiana, as vezes até mundana, bastante, simples e chata em uma vida animada e realmente boa. 

Quando você anda não Deus,realmente não temos ideia do que Ele pode fazer.

1 desfrute a vida diária 
2 desfrute a sua vida e 
3 aprenda a viver a vida com Deus.

Pare de ser tão rígidos e formais e viva a vida com Deus. Se divirta, você é capaz. 
Goste de si mesma, sem culpa. Desfrute a velha e comum segunda feira. Lavando a louça. Seja feliz na vida simples e cotidiana. Seja grata por tudo.

Se o diabo não consegue nos manter tristes e zangados, então ele perde a batalha. O diabo não quer as suas coisas, ele quer a sua alegria!

Porque? Por que alegria é força, quanto mais alegre você é, mais forte você é! ( Jo 10:10) significa muita coisa, para nós. O ladrão vem tão somente para roubar, matar e destruir. O ladrão é o diabo, mas Jesus disse: Eu vim, graças a Deus! Que interrupção poderosa. Jesus disse, eu vim para que você transborde, para que você seja completo. Deus em toda a sua Santidade disse: Eu quero que você desfrute sua vida, em abundância, ao máximo, até que ela esteja transbordando de você.

quinta-feira, 17 de junho de 2021

Farpas no coração

As pessoas estão sofrendo muito, com um pouco de esforço e um ouvido desapressado muitas dores podem ser curadas, muitas pessoas podem livres para seguirem em frente.

terça-feira, 15 de junho de 2021

Quando Deus nos esconde ninguém nos acha, mas quando Ele nos mostra ninguém nos esconde

 Tem fases da vida que nos sentimos invisível, escondida e esquecida, pelas pessoas, pelas circunstâncias por Deus. Ele nos tira dos holofotes para que sejamos somente Dele, para que aprendemos a desfrutar da sua companhia sem concorrentes. Ele é um Pai ciumento!

Tudo o que nos rouba desse momento de nos acolher do Deus Eterno é passado pela peneira, não é para o nosso mal, pelo contrário, os pensamentos Dele, são de paz e bem.

Mesmo que não entendemos que a nossa rotina ordinária, e insignificante é importante para Deus, ele nos ama como somos, ele ama saber o que pensamos, sentimos e deseja participar dos momentos à beira da pia, no trabalho, ele se importa com toda a nossa vida.

É tão bom saber que Ele vê nossos pensamentos, quando vem aquelas duvidas em que decisões tomar, como virá a sua provisão, podemos ter um dialogo com ele em qualquer ambiente. Não estamos sozinhos, temos o Consolador para nos ajudar, quando não sabemos o que fazer.

Deus nos chamou para estar com Ele, em vez de trabalharmos para Ele, quando o serviço ocupa o lugar de intimidade precisamos parar tudo e repensar no que está acontecendo. Se não pararmos, Ele nos irá nos parar, e esse processo é doloroso, ser parado por Deus doí muito, porque estamos agindo segundo um rito, uma religiosidade. Muitas das vezes no momento não entendemos, mas se nos quebrantarmos, e refletimos nossas açoes, veremos que Deus é bom, e seus planos são melhores que os nossos.

Podemos confiar no Deus Soberano, ele não perde o controle de nada, não dorme nem se cansa.

Oração:

Pai, segundo a tua misericórdia, nos ajude a descansar e repousar em teus braços, em todos os momentos, principalmente naqueles momentos em que nos sentimos insignificantes, esquecidos e invisível. Nos faz confiar somente em teu cuidado e amor.

Nos faz saber a cada dia que somos como a menina de teus olhos, que os teus planos e pensamentos em nosso respoito é de paz, e de bom futuro. Obrigada por cuidar de nós. Amém!



sexta-feira, 11 de junho de 2021

Aniversário 35 anos



Quero agradecer a Deus por hoje completar 35 anos de vida. O sentimento que me toma é a gratidão, por estar viva, com saúde após o Covid-19 que tive em dezembro/2020 sem sequelas. O Senhor tem cuidado tão bem de mim, nada seria ou poderia sem Ele.

Essa passagem dos 34 para agora 35 anos, foi umas das mais difíceis pra mim. Me senti muitas vezes como sendo esmagada, triturada. E o Senhor permitiu, para que meu caráter fosse transformado, e eu ficasse cada vez mais parecida com Jesus, no amor, na generosidade, na mansidão e na dependência do céu.

Tomei tantas decisões difíceis e importante como desistir do namoro com o Fabiano, a desistência da compra do apartamento pelo financiamento, mas também decisões sábias, como estudar o bacharel em Teologia e a de permanecer no ministério de louvor, a de buscar mais intimidade com o Senhor e a de não desanimar quando sentia na igreja o olhar de julgamentos e acusações de alguns irmaus. 

O céu me sustentou, Jesus enviou esforços, amigos de oração, amigas mais chegadas que irmãs. Oramos sem parar um dia por mais de 8 meses, todos os dias das 00h às 01h foi um tratamento do céu, esses tempos em comunhão com os irmãos, orando por vidas, orando por cura e tantas outras coisas.

Agradeço a Deus por cuidar de mim, do Rafael, da minha família. O Senhor me fez mergulhar mais fundo, me fez desejar o avivamento e a presença do Senhor em mim.

Obrigada meu Pai pelo meu lindo futuro. Te amo!!!

🎂🥳🎊🎉❤️

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Pra hoje

Morrer para si mesmo é uma mensagem que raramente ouvimos nesta geração egocentrica. Uma das coisas mais difíceis de fazer é gerir a si mesmo sem a ajuda do Espirito Santo. Morrer para si mesmo significa ser crucificado com Cristo a partir dos entrelaços deste mundo e a si mesmo. Quanto mais profundo estivermos dispostos a entrar no reino da morte de si mesmo, mais conheceremos o poderoso poder de Deus. 

sexta-feira, 4 de junho de 2021

Primeira vez no monte, o que achei ?

Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. ( João 4: 19-21).

Muito podem dizer que certas coisas não são reveladas, que não devemos expor nossa intimidade com Deus; eu concordo em partes. Como nunca havia ido orar à Deus no monte, quis relatar minha experiência, para assim como eu não sabia como era, sei que tem outras pessoas que ainda não foram.

Jesus nesta passagem nos disse que iriamos adora-lo, buscar sua Presença, não apenas no monte ou em Jerusalém, mas estando o buscando em espirito e em verdade; Ele estaria ou recebia como o fosse.

Tudo depende da intenção do nosso coração, se irmos no monte com o intuito de sacrificar nosso conforto, nosso ego e nossa carne, sendo um sacrifício à mais; com certeza colheremos do fruto da nossa disposição. Agora se fomos ao monte apenas por uma religiosidade, para " mostrar-nos" mais santidade à pessoas, como se fossemos alguma coisa, digo que seria perca de tempo.

Minha experiência foi maravilhosa, pela disposição que tenho em buscar a Presença do Eterno, a experiência de ir com minhas amigas de oração e proposito, foi marcante e inesquecível. Por isso a palavra de Deus nos diz, que não é bom o homem viver só, essa palavra se aplica à não só entre relacionamento de marido e mulher, mas um irmão fortalecer a outro. Não fazemos nada sozinhos e tudo que o Senhor irá realizar na Terra, seja o grande Avivamento, seja em transformar o mundo será por intermédio de sua igreja. Precisamos um do outro, e dificilmente alguém irá ao monte sozinho, então essa interação do corpo de Cristo, é poderosíssima.

Eu aconselho a ir, a ter uma vida de devoção e santidade ao Senhor, chame outros parceiros de oração, vá buscar ao Senhor; pois Ele é tão infinito que nenhum homem pode dizer que já bastou o conhecimento e a Presença Dele, é uma fonte inesgotável esse Deus maravilho que servimos.

Como disse o Apostolo Paulo: " Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos!
Por que quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro?
Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado?
Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. ( Romanos 11: 33-36).

Se Paulo que teve uma experiência marcante com o Senhor, a ponto de dizer, "Ó profundidade das riquezas". O que será que ele, estava querendo expressar? Quão grande não é a sabedoria e a ciência de Deus, não é possível mencionar o que Paulo vivenciou e que não deixou relatado em suas cartas. Eu sei de mim; quero conhecer mais do Senhor, que meu espirito viva esses entusiasmos de conhece-lo à cada, dia.

Dicas para quem irá ao monte no período noturno: Leve, repelente pois tem bastante formiguinhas à noite e um pano para se ajoelhar e sentar, se possível uma lanterna ou a lanterna do celular, embora possa tentar te distrair, ir com o celular. Vá clamando ao Senhor para se revelar, ore e se cale, para ouvir o Senhor também, as vezes na ansiedade de falar e pedir; não deixamos o Senhor, falar conosco. Isso desmotiva, não ouvi-lo.

Seja no monte ou no vale, Deus está presente onde encontra um coração disponível. Deus os abençoe!

Monte da Quentinha - Diadema.






A benção ou à maldição é uma escolha pessoal

"Se obedecerem aos mandamentos do Senhor, seu Deus, e andarem em seus caminhos, o Senhor os constituirá como seu povo santo, conforme prometeu sob juramento.  Assim, todas as nações da terra verão que vocês são um povo que o Senhor tomou para si e os temerão". ( Deuteronômio 28:9-10).

 O texto não diz que o povo deveria responder à declaração dessas bênçãos com "amém", como havia feito com as maldições. As maldições não eram proféticas, enquanto essa lista de bênçãos era a promessa profética de Deus daquilo que ele faria por seu povo, se eles honrassem seu compromisso com ele. 

As bênçãos de Deus são inteiramente fruto de sua graça, quer seu povo aprove-as e aprecie-as, quer não. Essas bênçãos elevariam Israel acima de todas as outras nações (Dt 26:19) e fariam de Israel uma "luz para as nações" (Is 49:6). Isso daria aos israelitas a oportunidade de falar a outras nações sobre o verdadeiro Deus vivo (Dt 28:10).

Devemos ter sempre em mente o motivo pelo qual o Senhor prometeu essas bênçãos maravilhosas. Em primeiro lugar, a nação de Israel ainda se encontrava em sua infância espiritual (Cl 4:1-7), e uma forma de ensinar as crianças é por meio de recompensas e de castigos. 

Essas bênçãos materiais eram a maneira de Deus lembrar seus filhos de que a obediência traz benefícios e a desobediência traz disciplina. No entanto, não demorou para os israelitas mais perspicazes perceberem que as pessoas perversas também estavam recebendo bênçãos, de modo que a fé era mais do que simplesmente ser recompensado (ver Sl 73; Jr 12:1-4; Jó 21:7-15).

Aos poucos, Deus ensinou a seu povo que sua obediência era um testemunho às outras nações (Dt 28:12) e que glorificava o nome dele. A obediência também construía um caráter piedoso no povo para que pudesse, de fato, constituir uma nação santa e um reino de sacerdotes.


No deserto tem maná

 O maná era especialmente nutritivo, pois sustentava um adulto durante um dia de marcha pelo deserto. Ao que parece, os membros de cada família juntavam seus suprimentos diariamente e nunca havia escassez de alimento. Uma vez que os israelitas marchavam e acampavam divididos em tribos (Nm 1 - 2), sem dúvida cada clã ou família ajuntava todo o maná que haviam recolhido e providenciava para que todos fossem devidamente alimentados.

Era importante que os israelitas se levantassem cedo para recolher o maná, pois o sol quente do deserto o derretia (Êx16:21). No acampamento de Israel, não havia lugar para o preguiçoso que ficava na cama, enquanto os outros recolhiam seu alimento. 

Encontramos nisso uma lição para os cristãos de hoje: devemos começar o dia com o Senhor, recolhendo alimento espiritual da Palavra, pois se nos demorarmos para nos encontrar com Deus, o dia ficará ocupado demais, repleto de distrações, e acabaremos sofrendo de desnutrição espiritual. 


Os israelitas preguiçosos talvez quisessem guardar o maná para que pudessem dormir na manhã seguinte, mas Moisés advertiu-os para não fazê-lo. Alguns tentaram guardar o alimento, de qualquer forma, e ele azedou, cheirou mal e deu bichos, e tiveram de jogar tudo fora. Essas pessoas não apenas desobedeceram às instruções divinas, como também estavam vivendo de modo contrário às práticas de Deus, pois o Senhor providenciava para que o sol derretesse o maná que havia ficado no solo. Não vale a pena rebelar-se contra aquilo que Deus diz em sua Palavra e contra o exemplo que ele dá em sua criação.

Não apenas a dádiva do maná era uma 

ocorrência extraordinária seis dias por semana como também sua conservação. Deus alimentou seu povo, pois se importava com eles. Deus deu a lei a Israel porque amava seu povo. Os israelitas precisavam de uma luz para guiá-los, e a lei de Deus é como uma lâmpada e um mapa, e obedecer à lei é o caminho da vida (Pv 6:23). Deus cuida de seu povo!


quinta-feira, 3 de junho de 2021

Em exemplo de vida com Deus - Luiz de Carvalho

 Como disse o apostolo Paulo: " Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda. ( 2 Timóteo 4:7-8).

Assim foi a vida deste servo do Senhor, terminou seus 90 anos de vida adorando ao Senhor com canções são lindas e cheias da palavra do nosso Deus. Ao Senhor toda glória e honra.



A Deus Toda Glória 

Vou agradecer a meu Deus o que fez por mim
Benção sem medida pra provar o Seu amor sem fim
Nem anjos podem expressar a minha eterna gratidão
Tudo o que sou e o que vier a ser aqui eu agradeço a Ti
A Deus toda glória
A Deus toda glória
A Deus toda glória
Pelas bênçãos sem fim
Com o Seu sangue salvou-me
Seu poder transformou-me
A Deus toda glória
Pelas bênçãos sem fim
Quero viver pra Ti
Tua vontade cumprir
Se algum louvor ganhar
Quero entregar ao meu Salvador
Com o Seu sangue salvou-me
Seu poder transformou-me
A Deus toda glória
Pelas bênçãos sem fim
Quero viver pra Ti
Tua vontade cumprir
Se algum louvor ganhar
Quero entregar ao meu Salvador
Com o Seu sangue salvou-me
Seu poder transformou-me
A Deus toda glória
Pelas bênçãos sem fim.


Quem acredita sempre alcança


Sempre ouvi essa música e falava quem acredita sempre alcança. Mas refletindo melhor quem acredita em quem e no quê?
Passando tantas dificuldades financeiras e vivendo um período de silêncio do céu. Ao invés de reclamar, lembrei que o Filho do Homem não tinha onde reclinar a sua cabeça, nasceu em uma estalagem ao cheiro dos animais rurais e o que é uma fase de dificuldade? O Apóstolo Paulo nos disse na carta aos Romanos que a nossa luta aqui é leve e momentânea, se comparada a eternidade de glória!

Se irei continuar morando nos meus dois cômodos alugados, ou se terei que voltar a morar com minha mãe não sei, se meu esposo vai chegar e falar vamos casar guria, vamos construir nossa família não sei, se vou continuar fazendo a faculdade de Teologia pelo aberto financeiro agora não sei. Prefiro olhar para o monte santo do Senhor, e crer que de lá vira meu socorro, o livramento, a provisão e o meu sonho de contemplar a beleza da sua Santidade. O céu me sustenta, eu dependo de Ti, Pai! Te amo.❤️




terça-feira, 1 de junho de 2021

Proposito de 30 dias de oração em prol da vida sentimental

Você pode pensar que perca de tempo, pra que isso, não precisa buscar à Deus por esta área da vida; e tantas outras coisas. Mas aprendi que todas as nossas ações diante do Deus Eterno não são inultilizáveis, estamos plantando algo, nossas orações estão subindo com cheiro suave e estão como um memorial diante do Senhor como diz: “Outro anjo, que trazia um incensário de ouro, aproximou-se e se colocou de pé junto ao altar. A ele foi dado muito incenso para oferecer com as orações de todos os santos sobre o altar de ouro diante do trono. E da mão do anjo subiu diante de Deus a fumaça do incenso juntamente com as orações dos santos” (Apocalipse 8:3,4).

“Seja a minha oração como incenso diante de ti; e o levantar das minhas mãos, como a oferta da tarde” (Salmos 141:2).

Se Deus aceita nossas orações, nossas lagrimas, se Ele não despreza nossas lagrimas então porque temos tanta dificuldade em clamar? Porque não lançamos à Ele todas as nossas necessidades? Será que nos falta fé? Será que realmente nossa confiança está no Senhor? Esse período de trinta dias de oração foi tão especial e esperado, cada dia foi como um balsamo do Senhor derramado em meu coração, ver a fragilidade de minhas amigas, e saber que não sofremos sozinhas, não somos somente nós que as vezes choramos, o mundo não gira em torno da nossa dor. 

Compartilhar nossa espera, nossa esperança e nossas expectativas com mulheres de Deus que também esperam no Senhor, é orar em prol da causa das nossas irmãs enquanto o Senhor cuida de nossas feridas. Quando a nossa petição não é somente em torno do "EU", Deus nos lembra que somos um corpo, um organismo vivo, se um membro do corpo sofre, todo o corpo padece. Quando batemos o dedinho do pé na quina da cama, todo o nosso corpo, sente a dor latente. Então porque é diferente quando sabemos que nossas irmãs também chora à mesma causa? Vamos nos unir e chorar juntas, orar juntas e esperar no Senhor juntas!

Deus é o mais interessado em nos abençoar com a família, nossos sonhos importam pra Deus, Ele é um Pai que se importa com seus filhos.

Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês', diz o Senhor, 'planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro. (Jeremias 29:11). 

Me agarro em suas promessas, sabendo e crendo que os pensamentos do Senhor ao meu respeito são os melhores, sua vontade é soberana e perfeita. Desde já agradeço ao Senhor o meu lindo futuro, obrigada Pai, te amo.


Experiências

Se permanecemos com Deus não tem as coisas melhorarem em nossa vida. Mesmo que passamos por dificuldades, Ele continua conosco em qualquer situação. " “Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito”. Provérbios 4:18
Domingo estava fazendo um arroz sete grãos, mais durinho para almoçar e ao mesmo tempo cozinhando uma batata doce quando percebi que o gás estava acabando, logo no início do cozimento. Tive duas escolhas, reclamar ou confiar no Senhor. Desliguei os botões, esquentei um leite no micro-ondas e deitei um pouco, pois não havia dormido bem a noite. Por volta das 16:40hs me levantei para me arrumar e ir para a igreja. Quando retornei do culto, que foi uma benção; tive uma enorme surpresa o arroz e a batata que estavam crús estavam completamente cozidos, sem o fogo do fogão. Poderia pensar que fosse apenas mera coincidência, mas sei que não foi. Deus é Jeová Jireh! O Deus dá provisão...

Ainda não comprei o gás porque ainda não recebi meu salário, mas sei que na data certa do pagamento irei comprar o gás, os alimentos, pagar as contas e agradecer muito ao Senhor, pelo carinho, cuidado.

Estou aprendendo a viver pela fé, na dependência de Deus, sem apoio e nem amuletos. Ele tem o melhor para os seus filhos.